Vereador de Marechal Cândido Rondon é preso acusado de fraudar licitação

Primeiro Encontro de Líderes do Turismo foi aberto ontem à noite no Wish Resort
16 de maio de 2019
16 de maio de 2019

Vereador de Marechal Cândido Rondon é preso acusado de fraudar licitação

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) prendeu na manhã desta quarta-feira (15), o vereador Nilson Hachmann, de Marechal Cândido Rondon.

Seu filho, Lucas Adrian Hachmann e mais três pessoas também foram presas, acusadas de fraude em licitações e desvio de dinheiro público. Hachmann é empresário naquela cidade e responde a um processo na Câmara por quebra de decoro parlamentar. Ele também está sendo investigado por usar empresas de fachada para participar de licitações da Prefeitura.

Os boatos sobre o envolvimento de Hachmann em esquemas fraudulentos se espalharam pelo estado, até que o Gaeco de Curitiba decidiu mandar uma equipe a Marechal Cândido Rondon para fazer as investigações.

O vereador Nilson Hachmann está no quinto mandato na Câmara Municipal de Marechal Cândido Rondon e sempre pregou a moralidade. Ele foi secretário municipal entre os anos de 2009 e 2012.

Adelino de Souza Freelancer / Foto: Câmara de Vereadores 

 

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA