Trote em serviços de atendimento estará sujeito à multa de R$ 842,40

Prefeitura e repartições públicas estarão fechadas entre quinta-feira e segunda
19 de junho de 2019
Carpe diem! – Idgar Dias Junior​
19 de junho de 2019

A aplicação de multa em quem passa trote a serviços de atendimento no município, tais como Samu, Siate, PM e Guarda Municipal agora será realidade em Foz do Iguaçu. O projeto de autoria do vereador e presidente da Câmara, Beni Rodrigues (PSB) foi aprovado em 1ª e 2ª discussões na sessão desta terça-feira, 18 de junho. A implantação da lei dependerá da sanção do Prefeito Chico Brasileiro.

“Quero agradecer a todos os vereadores e à comissão, que também ampliou a valor da multa de 05 para 10 unidades fiscais, considerando que cada unidade fiscal do município atualmente equivale a R$ 84,24. Isso dá uma multa de R$ 842,40 para quem for identificado passando trote. Dentre os serviços como Samu e Siate, muitas vezes perdem tempo valioso em que poderiam estar salvando vidas, mas estão ocupados por conta de pessoas que passam trote. Então essas pessoas precisam sofrer penalidades”, enfatizou Beni Rodrigues, autor da matéria.

O projeto também fixa que identificada a linha telefônica que aplicou o trote, o proprietário da linha será notificado com auto de infração. A proposta prevê que a multa também poderá ser convertida em medida socioeducativa, caso haja requerimento nesse sentido.

 

Da Redação / Foto: Divulgação

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA