Trabalhadores e estudantes de Foz aderem à Greve Nacional da Educação

Militares do 34º BIMec participam de ação para a prevenção de acidentes
15 de maio de 2019
Avançam as tratativas para a volta de recursos do Estado ao hospital de Foz
15 de maio de 2019

 

Trabalhadores da educação e estudantes de Foz do Iguaçu e região irão aderir à Greve Nacional da Educação nesta quarta-feira, 15. Organizada no município pela Unidade Sindical e Popular, a mobilização terá ato público unificado, a partir das 17h30, no Terminal de Transporte Urbano (TTU).

O movimento reúne docentes, técnico-administrativos, agentes universitários e alunos da Unila, Unioeste, IFPR e UTFPR, professores e funcionários das redes estadual e municipal de ensino. Integrantes de movimentos sociais e populares também fazem parte do protesto pela educação.

A Greve Nacional da Educação é uma forma de denúncia e enfrentamento ao corte de verbas de universidades e institutos, imposto recentemente pelo Governo federal. A manifestação é contra a reforma da Previdência e exige investimentos em todos os níveis do ensino público brasileiro.

Em todo o país, o movimento unificado irá paralisar as atividades em escolas e instituições de ensino superior, além contar com atos públicos e protestos em diversas cidades. A manifestação pretende acumular forças e fortalecer a organização da Greve Geral dos Trabalhadores Marcada para 14 de junho.

Da Redação com Assessoria / Foto: Divulgação 

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA