Polícia Civil prende estelionatário que agia em Foz do Iguaçu e Santa Terezinha

CPI da iluminação pública define função dos membros
11 de julho de 2019
Prefeitura Municipal investe mais de R$ 9 milhões na região de Três lagoas
11 de julho de 2019

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil, na manhã dessa quarta-feira (10), prendeu um homem, de 32 anos, suspeito de estelionato. O golpista foi localizado em uma residência na cidade de Santa Terezinha de Itaipu e conduzido à carceragem provisória da 6ª Subdivisão Policial, em Foz do Iguaçu, com o auxilio de investigadores do setor de inteligência e do Grupo de Diligências Especiais (GDE).

De acordo com a polícia, o suspeito agia em Foz e em Santa Terezinha simultaneamente. Ele prometia as vítimas conseguir carros em bom estado a preços menores em supostos leilões. O homem pedia uma entrada do valor e entregava uma nota de ordem de serviço como se fosse um recibo. O comprador não recebia o automóvel e ficava com o prejuízo.

“Quando chegava a data da entrega do veículo, ele [estelionatário] complementava o golpe dizendo para a vítima que ainda tinha que pagar mais taxas referentes à documentação e ao transporte do veículo. Dessa forma ele aumentava o prejuízo do comprador”, explicou a delegada responsável pelas investigações, Araci Vargas.

O suspeito é proprietário de uma oficina mecânica em Foz e usava a máquina de cartão de crédito da empresa para extorquir ainda mais as vítimas. Estima-se que pelo menos 25 pessoas tenham caído no golpe na região e que o valor roubado ultrapasse R$ 200 mil.

Da redação / Foto: Polícia Civil

Share

Leia mais sobre este conteúdo e outras informações na edição impressa.

GDIA