Vermelho acompanha ministra Tereza Cristina para congresso de aquicultura em Foz


- Por: Redação 1

Vermelho acompanha ministra Tereza Cristina para congresso de aquicultura em Foz
O deputado Vermelho chega junto com a comitiva da ministra 

A ministra da Agricultura Tereza Cristina e o Secretário Nacional de Aquicultura e Pesca Jorge Seif,  estão oficialmente confirmados para participar do maior evento da cadeia de pescados do Brasil – o 3º International Fish Congress & Fish Expo que será realizado nos dias 24, 25 e 26 de novembro no Recanto Cataratas Thermas e Resort em Foz do Iguaçu.
O evento que reúne todos os elos da cadeia produtiva de pescados e o que tem de melhor em tecnologias e serviços. Estarão participando dos debates as principais lideranças do setor, empresários, pesquisadores, professores, profissionais da aquicultura e pesca e prestadores de serviços. 
 “O Brasil tem uma grande vocação na produção de pescados e esse evento  contribuirá para o desenvolvimento do setor, com foco nos mercados nacional e internacional”, explicou Vermelho. 
O tema geral do IFC 2021 – “Das águas à mesa do consumidor: por uma cadeia competitiva, sustentável  e focada no mercado global” – oferece uma ideia geral da abrangência do evento.
A programação do Congresso prevê a participação de mais de 60 conferencistas nacionais e internacionais e uma feira com mais de 100 empresas expositoras. 
Será realizado um pré-congresso sobre políticas públicas no dia 24, das 8h30 às 12 horas, reunindo secretarias estaduais de agricultura, aquicultura e pesca, órgãos ambientais, órgãos de assistência técnica  e extensão rural, de crédito e de sanidade animal, entidades, empresas e profissionais do setor.
Apesar de estar em sua terceira edição, o evento já é uma grande  referência da aquicultura e pesca  e chega à sua terceira como um marco da nova era em que vive a produção brasileira, com a abertura de novos mercados e fortes investimentos na expansão da produção.


Deputado defende o cultivo de peixes no lago de Itaipu

O deputado federal Vermelho aproveitará a viagem com a ministra e o secretário da pesca para reforçar a proposta do cultivo de peixes no reservatório da Itaipu e demais lagos de hidrelétricas no Paraná. 
“Nós temos um potencial muito grande para desenvolver a piscicultura nos gigantescos espelhos d’água dos reservatórios do Paraná e de todo o Brasil”, reforça o deputado. 
Vermelho já havia conversado com Bolsonaro sobre o assunto e o presidente chegou a falar com Itaipu e o presidente paraguaio Mário Abdo Benítez. “O Paraguai também tem grande interesse na produção de pescados no lago. O assunto está sendo debatido no Senado e em dezembro Bolsonaro deverá anunciar a terceira ponte e aprofundar este assunto”. 
Bolsonaro disse que é preciso aproveitar o “mar de água doce”, em alusão ao lago da hidrelétrica, para o cultivo de peixes. “Em apenas um hectare é possível produzir 100 toneladas de tilápia por ano em tanque-rede. Temos de estimular a produção piscícola nesse reservatório e usar a tecnologia da Embrapa”, acrescentou.
“O reservatório de Itaipu possui todas as condições favoráveis de mercado, aptidão técnica e vasta disponibilidade de insumos e áreas propícias à realização da aquicultura”, reforça o deputado Vermelho. 

Festival de tambaqui

O Festival Tambaqui da Amazônia vai acontecer no dia 25 de novembro, durante o International Fish Congress (IFC). Ao todo, 300 bandas do peixe nativo da amazônia serão assadas e servidas para convidados e participantes do congresso. O objetivo é promover o consumo desta espécie, considerada de sabor único.
Para participar do Festival do Tambaqui durante o IFC2021 é necessário se inscrever no evento.

Da redação / Foto: divulgação

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas