Seja um doutor através do Doutorado Institucional em Direito UDC - Mackenzie


- Por: Redação 1

Seja um doutor através do Doutorado Institucional em Direito UDC - Mackenzie
Reitora e Pró-reitor do Centro Universitário UDC prof. Rosicler Hauagge do Prado e Prof. Dr. Fábio Prado

O Doutorado Interinstitucional em Direito EXCLUSIVO do Centro Universitário UDC e da Universidade Presbiteriana Mackenzie está com as inscrições abertas até 10 de agosto. O curso tem a duração de 3,5 anos e será idêntico em São Paulo e Foz do Iguaçu, no mesmo período. 
O Programa é voltado à pesquisa em Direito Político e Econômico com duas linhas de pesquisa: Cidadania modelando o Estado; e Poder econômico e seus limites. É pré-requisito para ingressar no curso que o pesquisador seja Mestre em Direito. As inscrições são realizadas no site do Centro Universitário UDC.
Segundo a Reitora do Centro Universitário UDC Professora Rosicler Hauagge do Prado: “Trabalhamos de forma muito semelhante à Universidade Mackenzie que é muito exigente e detalhista ao escolher seus parceiros. Pensamos em cada detalhe, exigindo excelência em nossa instituição para oferecer o melhor aos alunos. Ter cursos de Doutorado na UDC hoje é uma realidade que nos dá muito orgulho”.  
O corpo docente da Universidade Mackenzie vai se deslocar de São Paulo a Foz do Iguaçu não apenas para lecionar, mas também para desenvolver pesquisas através de grupos de pesquisa, estágios de docência, publicações em conjunto e outras atividades. “É uma operação muito complexa e que exige muito da equipe. Temos coordenadores locais e as aulas serão aqui. É um sonho. Um Curso intenso na área do Direito que atenderá a todos os operadores do Direito como juízes, delegados, advogados, promotores, enfim, esse é um momento nobre na capacitação de toda a região oeste do Paraná”, comenta o Pró-reitor do Centro Universitário UDC Prof. Doutor Fábio Prado.   
O Dinter em Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie é um dos cursos mais importantes e mais bem avaliados do Brasil. “Em nosso último processo seletivo tivemos o maior resultado da história, com 100% das vagas de mestrado e doutorado preenchidas. Isso porque estamos muito bem colocados no mundo em rankings internacionais e somos referência nacional e internacional”, disse o Pró-reitor da Universidade Mackenzi Prof. Doutor Felipe Chiarello de Souza Pinto.
Segundo o Coordenador do Programa de pós-graduação da Mackenzie em Direito político e econômico, Prof. Dr. Fábio Bechara: “Sem dúvida nenhuma essa é uma grande oportunidade para nós, do Mackenzie. Vamos repetir com a UDC o mesmo sucesso que tivemos no mestrado há alguns anos. Será uma grande jornada. O grande propósito do nosso programa é fazer com que toda atividade de pesquisa e produção científica seja influenciadora de políticas públicas, nos níveis, locais, estaduais, federais e internacionais”.
“Há uma multiplicidade de temas a serem pesquisados no Dinter, temas novos e inovadores nas mais variadas vertentes do direito novas tecnologias, lei geral da proteção de dados, concorrência, compliance, assuntos ligados a cidadania, ao estado e assuntos políticos, ou seja, inúmeras possibilidades de pesquisa”, explica a Coordenadora do Doutorado Interinstitucional em Direito UDC/Mackenzie em Foz do Iguaçu Profa. Dra. Isadora Minotto G. Schwe. 

PESQUISA 
Segundo o Prof. Dr. José Carlos Francisco Coordenador do Doutorado Interinstitucional em Direito UDC/Mackenzie: “Toda pesquisa tem por finalidade evoluir com conhecimento, aprimorar o que já existe, fazer novas descobertas em áreas de interesse, os temas do Programa tratam de assuntos relevantes. O Dinter terá a possibilidade de produzir estudos da região de fronteira (e outras), de Foz do Iguaçu vinculadas no contexto de sociedade, estado, poder econômico, tudo muito bem articulado”. 
O Programa de pós-graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie é referência.  “O programa recebe fomentos de pesquisas direcionadas a agências como a CAPES, Cnpq e FatesSP”, salienta a Coordenadora dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie Profa. Dra. Maria Cristina Triguero Veloz Teixeira. 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas