Reeducação alimentar


- Por: Redação 2

 Reeducação alimentar
(Foto: Imagem: depositphotos/ Divulgação )


Formar novos hábitos é um processo que exige muita determinação, organização e acima de tudo paciência. Nesta semana, preparei 5 dicas para te auxiliar no início deste novo processo de mudança, e que você pode iniciar ainda HOJE!
1. Planejamento - Faça uma lista dos alimentos que você vai precisar comprar para a semana toda. Escolha qual o melhor dia e horário dentro da sua rotina para você prepará-los (decida se você cozinhará todos os dias, ou se prefere fazer as suas marmitas da semana toda em um único dia e congelá-las). Por isso, o planejamento é essencial para evitar o desperdício de alimentos (comprar somente o necessário e o que você realmente for preparar) e otimizar o nosso tempo.
2. Pré-preparação- Ao que chegar em casa, higienize os alimentos necessários (frutas, verduras e legumes). Retire os alimentos secos da embalagem (grãos, sementes, farinhas) e coloque em recipientes adequados e guarde-os conforme indicação do fabricante. Porcione e congele as proteínas de acordo com as quantidades que for utilizar no preparo de cada receita. Assim, tudo ficará mais rápido e prático na hora de preparar suas refeições.
3. Hidratação- Que a água é fundamental para o funcionamento de todos os nossos órgãos, todos nós sabemos. E se você decidiu de vez começar a mudar seus hábitos, comece pela ingestão ideal de água. Adote uma garrafinha que sempre esteja próxima a você, e se ainda assim você esquecer de tomá-la, instale algum aplicativo no seu celular que te ajude a lembrar e distribuir ao longo do dia a quantidade correta que você precisa ingerir.
4. Leia os rótulos-  As versões integrais, light, diet ou zero geralmente são mais caras que as tradicionais, pois prometem ser mais saudáveis. Mas cuidado, nem sempre é assim que funciona. Por isso, o ideal é que você sempre leia atentamente o rótulo. Preste atenção nos ingredientes que compõem aquele alimento. Nomenclaturas que você desconhece, na maioria das vezes são aditivos químicos, corantes, estabilizantes e adoçantes artificiais. Atente-se sempre ao primeiro ingrediente descrito, pois este sempre será o que tem em MAIOR quantidade naquele produto.
5. Não faça dietas restritivas - Troque as dietas temporárias (dieta do ovo, dieta da lua, dieta detox, dieta da sopa...) que tem prazo de validade, por um ESTILO DE VIDA saudável que condiz com a sua realidade e sua rotina, e que você consiga manter sem grandes sacrifícios. Ou seja, inicie uma nova vida com hábitos saudáveis, leveza, equilíbrio e moderação, e não uma mudança drástica com prazo de validade, frustrações e com risco severo a sua saúde física e mental.

Juliana Cigerce
Nutricionista
CRN 13.461

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas