Queiroga propõe título de Cidadão Honorário a Anatalício Risden Júnior


- Por: Reciel Rocha

Queiroga propõe título de Cidadão Honorário a Anatalício Risden Júnior
O vereador Luiz Queiroga e o diretor Anatalício Risden Júnior durante reunião de trabalho na Itaipu

A família de Anatalício Risden Júnior chegou a Foz em 1914 e seu avô paterno, Marcelino Risden, teve uma das primeiras casas comerciais da cidade e a primeira fábrica de erva-mate. Também exerceu cargos importantes, como delegado de polícia, juiz de paz, juiz de direito e vereador.
Filho de Anatalício Risden Júnior e Doracy Bernardi Risden, ele é vice-almirante e tem uma grande folha de serviços prestados ao país, ocupando uma série de cargos importantes, sendo condecorado muitas vezes ao longo de sua carreira na Marinha do Brasil. Seu pai foi militar e trabalhou no Parque Nacional durante muitos anos. Sua mãe foi professora no Colégio Bartolomeu Mitre.
"Será uma homenagem justa a um brasileiro ilustre, filho de pioneiros iguaçuenses. Seu currículo invejável de homem público o credencia a ocupar qualquer cargo, por essa razão decidimos prestar-lhe uma homenagem", diz Queiroga.
De acordo com o vereador, Risden possui uma reconhecida experiência em planejamento, orçamento, finanças e administração no setor público e privado, além de operações de crédito internacionais e estruturação de projetos complexos de Defesa, somando-se à prestação de consultoria à FGV. Tudo isso o credencia a ocupar o atual cargo de diretor financeiro executivo da Itaipu Binacional.
A administração dos recursos financeiros e orçamentários dessa grande empresa tem sido realizada levando em consideração as características singulares da binacionalidade. Dois países, duas legislações, duas culturas, duas línguas, um objetivo: "Gerar energia elétrica de qualidade, com responsabilidade social e ambiental, impulsionando o desenvolvimento econômico, turístico e tecnológico, sustentável, no Brasil e no Paraguai".

Da redação / Foto: Divulgação

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas