Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos pretende realizar  3 mil cirurgias em 2022

Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos pretende realizar  3 mil cirurgias em 2022


- Por: Redação 2

Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos pretende realizar  3 mil cirurgias em 2022

Meyre Aquino é protetora de animais em Foz do Iguaçu há dez anos. Durante todo esse período, uma das maiores necessidades que enfrentou para conseguir a castração para os animais que cuida. O cenário mudou assim que o Programa de Controle Populacional de cães e gatos da Prefeitura iniciado como castrações gratuitas em 2021 - desde então, cerca de 20 animais levados por Meyre realizaram a cirurgia. 


“Essas cirurgias foram preciosas para o trabalho que realizo. Assim que eu fiquei sabendo já entrei em contato com os lares comuns e também resgatei alguns animais de rua para levar. Ficamos contentes por finalmente contar com um projeto que faça esse trabalho tão importante ”, contou a protetora. 
A coordenação da iniciativa é da Diretoria de Bem-Estar Animal, que obtida em outubro o aval do Conselho Regional de Medicina Veterinária - CRMV / PR para que a clínica contratada realize os procedimentos. Já foram realizados 200 castrações, das 341 previsão para a primeira etapa - destinado à população em situação de vulnerabilidade social e aos Protetores e Entidades de Proteção Animal cadastradas e credenciadas no Município.


“Os animais também precisam desse olhar atencioso do poder público. Os protetores e as ONGs fazem um trabalho muito bonito e louvável resgatando cães e gatos abandonados, alimentando e procurando um lar com amor para eles. Devemos estar cada vez mais atentos a iniciativas que contribuam de forma impactante no trabalho”, afirma o prefeito em exercício, delegado Francisco Sampaio. 

Ações para 2022

Neste início de ano as castrações seguem sendo feitas até o cumprimento da meta estabelecida. A Diretoria de Bem-Estar Animal buscou também a licitação de serviços para o Castramóvel, que deverá realizar cerca de 400 novas cirurgias. 
Ainda visando avançar no controle populacional de cães e gatos no município, a Diretoria está em tratativas de convênios com as universidades UniAmérica e União Dinâmica das Cataratas (UDC), com a pretensão de realizar mais 1230 castrações durante o ano de 2022.
Além dos investimentos da prefeitura, a iniciativa conta com o apoio de emendas impositivas do legislativo municipal e estadual, o que permitirá a realização de cerca de 3 mil castrações para este ano.


“Já está em andamento o processo para credenciar clínicas veterinárias, além de outros programas, como o programa de distribuição de rações que resultou na distribuição de cerca de 27 toneladas de ração para cães e gatos em 2021 e prevê para 2022 a distribuição de 60 toneladas de ação, um dado relevante a ser especificado, em relação a outros municípios no Paraná ”, afirma a diretora de Bem-Estar Animal, Keila Lopes. 
“É importante unir quadro e termos convênios para ampliar o trabalho em prol da causa animal na cidade. Nossa missão para 2022 é avançarmos completo neste sentido ”, complementa Keila.
 

AMN

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas