Ponte da Integração: trabalhos devem começar em 20 dias no Paraguai


- Por: Reciel Rocha

Ponte da Integração: trabalhos devem começar em 20 dias no Paraguai


Dentro de aproximadamente 20 dias deve começar a movimentação do transporte pesado de equipamentos para a construção da cabeceira no lado paraguaio da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, financiada pela margem brasileira da Itaipu Binacional. 
O maquinário será transportado em grande parte por balsas, de Foz do Iguaçu (PR) a Presidente Franco (Alto Paraná – Paraguai). Só uma pequena parte do material seguirá pela Ponte Internacional da Amizade, entre Foz do Iguaçu e Ciudaddel Este, para interferir o menos possível no fluxo de cargas e no movimento de pedestres e carros.
Na manhã desta sexta-feira (16), representantes da Itaipu, lado brasileiro, da aduana paraguaia e da Receita Federal do Brasil se reuniram para definir a logística do transporte desses equipamentos. A Itaipu, em conjunto com os órgãos e parceiros envolvidos, dará todo o suporte para que os trabalhos sejam feitos na maior normalidade possível.
O trâmite atende uma instrução normativa do governo brasileiro e um acordo com autoridades paraguaias, para garantir uma maior mobilidade alfandegária.

Obras começaram no Brasil
Na região do Porto Meira, onde a Ponte da Integração será erguida no lado brasileiro, o canteiro de obras começou a ser montado no último dia 7 de agosto, ou seja, há dez dias. A intenção é seguir o cronograma à risca, para entregar a obra no prazo previsto em contrato, que é de 36 meses.
Para o dique que será montado no lado paraguaio serão utilizados um trator de esteira, uma motoniveladora, uma escavadeira hidráulica, seis caminhões basculantes, um caminhão-pipa, um rolo compactador e dois compactadores tipo placa vibratória. 

DI Itaipu / Foto: Sara Cheida

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas