Ponte da Integração já recebeu R$ 122,5 milhões em investimentos


- Por: Redação 1

Ponte da Integração já recebeu R$ 122,5 milhões em investimentos
Obras da segunda ponte entre Brasil e Paraguai atingiram 52% de execução em abril

As obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai, que ligará Foz do Iguaçu a Presidente Franco, atingiram 52% da execução, com aplicação de R$ 122,5 milhões. O valor corresponde a 38% do total de R$ 323 milhões previsto para a construção. O montante é financiado pela Itaipu Binacional em pacote de obras no Oeste paranaense.
Segundo o último Boletim do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), no mês passado, na margem brasileira, os trabalhos na Ponte da Integração se concentraram na caixa de equilíbrio, uma estrutura de concreto armado que atua como contrapeso para os 470 metros de vão livre central; e também na elevação da altura do mastro principal, até 120 metros, que representa a primeira fase da execução da torre.
Na margem paraguaia, a obra em destaque em abril foi a construção do mastro principal, que chegou a 97 metros de altura. Foi também descolado o terceiro trecho em concreto armado dos cinco que compõem o tabuleiro da ponte no lado paraguaio. Esse trecho tem 20,5 metros de largura e 28,12 metros de comprimento.
No total, a ponte terá 760 metros de comprimento, sendo composta por duas pistas simples de 3,6 metros de largura, acostamento de 3 metros e calçada de 1,70 metro. A previsão de entrega da obra é 2022.
A estrutura da ponte também vai contar com infraestrutura completa de fronteira, com aduanas, órgãos de controle e fiscalização e um novo acesso rodoviário: a rodovia Perimetral Leste, que conectará a nova ponte diretamente à BR-277 e desafogará o tráfego de veículos pesados no perímetro urbano de Foz do Iguaçu e na Ponte da Amizade, construída nos anos 1960.

Perimetral 
Junto com a Ponte da Integração, a construção da Perimetral Leste integra o pacote de investimentos em infraestrutura realizados pela Itaipu Binacional para o desenvolvimento logístico da região Oeste do Paraná. A rodovia trará uma nova logística de transporte, que livrará o centro de Foz do tráfego de veículos pesados e incrementará o comércio trinacional. 
Até o momento, 2,3% da obra da Perimetral foram executados, com investimento de aproximadamente R$ 2,4 milhões. Durante o mês de abril foram feitas as obras de terraplenagem e de concreto, aço e forma do viaduto de acesso à Ponte Tancredo Neves, que liga o Brasil à Argentina.
A obra, orçada em R$ 104 milhões, tem a execução gerenciada também pelo DER/PR. A estrutura tem previsão de entrega para agosto de 2022. 

Da redação com assessorias
Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas