Parque Ecológico Domingos Zanette entra para a modernidade


- Por: Reciel Rocha

Parque Ecológico Domingos Zanette entra para a modernidade
Família Zanette reunida com o prefeito Cláudio Eberhard, a vice-prefeita, Neide Mariot Corrente e a primeira-dama Ellis Regina Eberhard

O Parque Ecológico Domingos Zanette, um dos cartões-postais de Santa Terezinha de Itaipu será totalmente revitalizado. Obras estruturantes como a abertura de uma nova lagoa para a prática de caiaque, novo portal de acesso, ampliação da pista de caminhada, remodelação dos espaços de prática esportiva e lazer, sanitários e a implantação de luzes de LED, integram o conjunto de novidades que começam a sair do papel a partir da próxima segunda, 2 de dezembro.
A assinatura da ordem de serviço pelo prefeito, Cláudio Eberhard, na manhã de sexta, 29, marcou a largada de um dos projetos mais importantes para a cidade, esboçado em 1996.  A inovação do parque, hoje com 21 anos de existência, em área de aproximadamente 60 mil m², no bairro Santa Mônica, será possível com recursos do governo municipal que ultrapassam R$ 1 milhão. A previsão do término é 90 dias.
O novo projeto, apresentado às lideranças do bairro Santa Mônica, aos representes da família do pioneiro, Domingos Zanette; vereadores da base de governo, educadores e equipe de governo, foi recebido com entusiasmo e perspectiva de nova dimensão para o bairro. “Para qualquer ação precisamos ter um direcionamento, um planejamento. O Parque Domingos Zanette representa a estruturação de um sonho projetado em 1996 e, que, entre os anos de 2019 e 2020, após sua reestruturação, será um espaço moderno, agradável e familiar”, destacou o prefeito. Ele citou o apoio da família do pioneiro [que leva o nome do parque], que zela pela capela existente no local e abriu espaço para que a família exerça no local as benfeitorias que desejarem.

DC STI
Texto e foto

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas