Governo do Paraguai aumenta cota de compras no Brasil para US$ 300


- Por: Reciel Rocha

Governo do Paraguai aumenta cota  de compras no Brasil para US$ 300
Mobilização foi marcada pela tensão e terminou em acordo para aumentar a taxa de compras e uma área de livre comércio de produtos brasileiros

Os "paseros" e comerciantes do mercado de abastecimento de Ciudad del Este, na fronteira do Paraguai com o Brasil, conseguiram importantes vitórias na manhã desta segunda-feira (9). Eles se mobilizaram contra as medidas que restringem a importação de produtos adquiridos em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú (Argentina). Como resultado, conseguiram dobrar a cota para levar mercadorias, passando de US$ 150 para US$ 300.
A mobilização, a partir das primeiras horas do dia, ficou marcada pela tensão. Os "paseros", como são denominados os paraguaios que cruzam a fronteira com pequenas quantidades de mercadorias, vem protestando contra a fiscalização desde o final do ano passado. Além de pedir a saída do presidente Mário Abdo Benítez, eles acabaram invadindo o depósito para levar mercadorias que haviam sido apreendidas
Eles conquistaram ainda uma área de livre comércio para produtos brasileiros no Paraguai, a partir de 20 quilômetros da fronteira. O acordo, para pôr fim as mobilização, foi costurado pelo presidente da Câmara de Vereadores de Ciudad del Este, Celso Kelembu, juntamente com o governador de Alto Paraná, Roberto Gonzalez e o diretor nacional de Aduanas, Julio Fernández.

Ronildo Pimentel / Foto: Radio Cultura
 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas