Operação Muralha termina com mais de R$ 44 mi em apreensões


- Por: Reciel

Operação Muralha termina com mais de R$ 44 mi em apreensões

Após 57 dias, a Operação Muralha tirou de circulação exatos R$ 44.981.590,84 em mercadorias contrabandeadas e descaminhadas. Comandada pela Receita Federal, a ação teve início no dia 13 de maio e foi encerrada nessa segunda-feira (8), com a retirada das barreiras no pedágio de São Miguel do Iguaçu, na BR-277, e na PR-163 em Guaíra. O valor em mercadorias retidas nesta edição superou em 44,7% o montante contabilizado na última fase da operação realizada em 2018, que foi de R$ 31 milhões. Com o objetivo de fortalecer o combate aos crimes de contrabando, descaminho e tráfico, a ação resultou ainda na apreensão de 2,8 toneladas de maconha; 2,3 milhões de maços de cigarros, 35 mil unidades de medicamentos proibidos e anabolizantes e 383 veículos. As ações de fiscalização levaram a prisão em flagrante de 46 pessoas. O alto valor em mercadorias retidas, um dos maiores já registrados na Operação Muralha, é resultado da participação do Mato Grosso do Sul, que integrou as ações pela primeira vez. Equipes volantes auxiliaram a reforçar a fiscalização na faixa de fronteira do estado com o Paraguai, um dos principais pontos de passagem de ilícitos. Dentre os produtos retidos destacam-se os eletrônicos (celulares, videogames, receptores de sinal de TV, dentre outros), peças de informática e celulares de alto valor. Boa parte dessas mercadorias foram localizadas em fundos falsos de veículos de diversos tipos. Da redação com assessoria / Foto: Receita Federal

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas