“Menestrel, Conta a Imigração do Paraná” circula pelo estado no Circuito Cultural Sesi


- Por: Reciel Rocha

“Menestrel, Conta a Imigração do Paraná” circula pelo estado no Circuito Cultural Sesi
O “Menestrel” chega a Foz do Iguaçu no dia 10 de outubro

O Circuito Cultural, iniciativa do Sesi Cultura, promove o  espetáculo “Menestrel, Conta a Imigração do Paraná”da Cia Karagozwk, e será realizado em 13 cidades do interior do estado, de 7 a 25 de outubro.
Este programa tem parceria com as Secretarias de Cultura e de Educação, Fundações Culturais e Indústrias, dos municípios atendidos, que contribuem das mais diversas maneiras para a realização deste programa.
No centro do palco, uma grande, bonita e instigante carroça ocupa a cena, que começa com ar de mistério e música. Surgem Menestrel e Esmeralda, personagens contadores de história que descobrem que aquela bela carroça é fantástica. Os dois são convidados a entrar pela Nona do Bem, criada com boneco de sombras. Essa técnica de teatro ocorre na tela que está no corpo da carroça. Por encanto da Nona do Bem, Menestrel e Esmeralda caem dentro do livro e passam a viajar na história da Imigração do Paraná.
Eles vivem uma verdadeira aventura. A tela da carroça leva o público aos idos de 1875, no Porto de Paranaguá, onde chegaram os primeiros imigrantes vindos de navio. Os "caçadores de história" enfrentam desafios, mas não desistem da viagem que os leva a Morretes, à construção da estrada de ferro Paranaguá - Curitiba, e os situa no tempo, mostrando o fandango no litoral, a congada da Lapa, passando por Prudentópolis, Araucária, Irati, Carambeí, Colônia Witmarsum, norte do Paraná e terminando na região de Foz do Iguaçu, as "Terras do Paiquerê", conforme são denominadas pelos Caingangues e Guaranis.

Da assessoria
Foto: divulgação 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas