Marco das 3 Fronteiras chegará a 1 milhão de visitantes até o dia 20


- Por: Reciel Rocha

Marco das 3 Fronteiras chegará a 1 milhão de visitantes até o dia 20


O  Marco das 3 Fronteiras caiu no gosto de turistas e moradores. Desde sua reinauguração, em 20 de dezembro de 2017, brasileiros e povos de mais 153 países passaram a visitar o local turístico. Brasileiros, argentinos, paraguaios, chilenos, peruanos, chineses, colombianos, estadunidenses, franceses e uruguaios lideram o ranking de nacionalidades que mais visitaram a atração turística. 
O Marco é um daqueles lugares singulares do mundo. O atrativo está localizado no encontro dos rios Paraná e Iguaçu, este que dá o nome à cidade de Foz. O monumento demarca a fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, sendo reconhecido como um patrimônio histórico e cultural da região.
Dos visitantes brasileiros, os paranaenses lideram o ranking, seguidos pelos paulistas, fluminenses, catarinenses, gaúchos, mineiros, pernambucanos, cearenses e baianos. A cada ano que passa, o Marco contagia visitantes de cada canto do Brasil, mostrando todo o potencial deste lugar, que representa tão bem toda a história e diversidade de Foz.
A satisfação dos visitantes pode ser vista em cada relato de amor pelo local, como conta Solange Kirtz, após desfrutar todas as emoções que o ambiente proporciona. “Fiquei encantada com a arquitetura, a apresentação cultural dos três países, a organização e a limpeza. Um cenário belíssimo de se ver.”
Potencial de crescimento
Com opções de lazer para toda a família, o Marco é um atrativo imperdível de se visitar em Foz do Iguaçu. Se durante o dia o visitante tem a magia do encontro dos rios e a tranquilidade da natureza, no fim da tarde há o pôr do sol; e à noite, a vivência das atrações culturais, a iluminação e todo o encanto da fronteira.

Da redação com assessoria / Foto: Kiko Sierich

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas