Lírio-da-paz (Spathiphylum wallisii)

Lírio-da-paz (Spathiphylum wallisii)


- Por: Redação 2

Lírio-da-paz (Spathiphylum wallisii)

Originário da América Central, o lírio-da-paz (Spathiphylum wallisii ) é uma planta de porte altivo e elegante, suas folhas, de um verde intenso, contrastam com o branco puro de suas flores. Propaga-se por meio de sementes, divisão de touceiras ou por micropropagação e seu florescimento ocorre duas vezes ao ano: de janeiro a março e de julho a setembro.

 

O lírio-da-paz é uma planta que resiste à baixas temperaturas (desde que superiores a 5 graus), sendo que, no inverno, para que tenha bom desenvolvimento, necessita de temperaturas em torno de 15 graus. O clima ideal para o cultivo é o moderadamente úmido (70%), com temperaturas entre 20 e 27 graus. Quanto à luminosidade, recomenda-se que o lírio-da-paz não fique exposto ao sol direto, pois isso causa o amarelamento de suas folhas e bloqueia seu desenvolvimento. Por outro lado, locais com pouca iluminação devem ser evitados, principalmente porque a falta de luminosidade adequada deixa as folhas alongadas em excesso, muito finas, fragilizadas e reduz acentuadamente a floração.

A terra para o cultivo do lírio-da-paz deve ser úmida, mas nunca encharcada. Deve-se evitar, inclusive, o uso de prato com água sob o vaso.

 

Para saber se a quantidade de água está correta, o ideal é colocar a mão na terra: se ela estiver secando, faça a rega. Como procedimento geral, recomenda-se irrigar duas vezes por semana durante o verão e uma vez por semana no inverno.

 

De uma a duas vezes por mês pode-se fazer uma adubação foliar, aplicando o fertilizante junto com a irrigação, sempre seguindo à risca as recomendações e indicações do fabricante do produto.

 

O lírio-da-paz é uma planta bem bastante resistente a pragas. Geralmente, os problemas que surgem nesta planta estão mais relacionados com erros de regas e luminosidade do que com ataque de pragas. Por sua capacidade de se desenvolver bem em ambientes internos, é uma espécie muito indicada para ser cultivada dentro de casa, desde que receba bastante luminosidade e que o local seja bem ventilado, mas protegido de ventos fortes. Seu uso em jardins internos confere harmonia e suavidade ao conjunto, mas exige cuidados básicos como adubação periódica e regas corretas, sem excessos.

 

Outra vantagem do uso do lírio-da-paz em ambientes internos é que esta planta funciona como uma espécie de purificador biológico, ajudando a eliminar componentes tóxicos eventualmente liberados no ar.

 

Para manter a beleza de suas folhas, recomenda-se pulverizá-las periodicamente com água, eliminando a poeira.

 

Fonte: Jardimdeflores

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas