Lideranças políticas destacam legado deixado por Silva e Luna no Paraná


- Por: Redação 1

Lideranças políticas destacam legado deixado por Silva e Luna no Paraná
Lideranças políticas elogiaram a gestão Silva e Luna no comando da Itaipu Binacional 

A indicação do general Joaquim Silva e Luna à presidência da Petrobras foi elogiada nos últimos dois dias por lideranças políticas próximas e de oposição ao governo federal. Silva e Luna deve continuar na diretoria-geral da Itaipu Binacional até final do mês de março, quando o conselho de administração da petrolífera deve confirmar a indicação do presidente Jair Bolsonaro. Na próxima quinta-feira, 25, Bolsonaro deve anunciar em Foz do Iguaçu o investimento de R$ 1 bilhão na revitalização das linhas de transmissão de Furnas. Os recursos são da binacional.  

O governador Ratinho Junior disse neste domingo, 22, que o Paraná fica triste com a saída do "competente" general Silva e Luna da diretoria geral da Itaipu. "Por outro lado, somos gratos e estamos felizes com a importante missão dada agora ao general: comandar a maior empresa do Brasil: a Petrobras".
Ratinho Junior disse não ter dúvidas que Silva e Luna vai transformar a empresa e revolucionar a gestão da Petrobras assim como fez com a Itaipu. "Sua gestão foi marcada com recordes de investimentos, geração de energia, obras de infraestrutura e gestão eficiente e moderna".

"O Brasil ganha um grande gestor e excelente homem público. Boa sorte na nova missão, General! Obrigado, muito obrigado em nome de todos os paranaenses", completou.

Oeste - O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro (PSD), parabenizou Silva e Luna pela indicação e destacou seu perfil de gestor e as importantes feitas com a Itaipu nos últimos dois anos. "Com uma gestão austera e enxuta, o general Silva e Luna mudou a estratégia de ação da usina na região e investiu R$ 2,5 bilhões em grandes obras de infraestrutura e outras tão necessárias", disse.
"Desse montante, a maioria das obras e investimentos estão em Foz do Iguaçu, passam da casa de R$ 1,2 bilhão e serão entregues neste ano e em 2022. Esta parceria da Itaipu entre a prefeitura e os governos estadual e federal, representa 21 dos 31 projetos investidos pela usina na região", completou Brasileiro.

O deputado Hussein Bakri (PSD), líder do Governo na Assembleia Legislativa, disse que os dois anos de gestão de Luna e Silva à frente da Itaipu Binacional foram irretocáveis e marcados pela reestruturação da administração da usina e implantando uma política de austeridade e transparência. 

Da redação 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas