Junho será marcado por ações alusivas ao Dia do Meio Ambiente


- Por: Redação 1

Junho será marcado por ações alusivas ao Dia do Meio Ambiente
Foz tem um dos melhores programas de coleta seletiva do Paraná 

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 05 de junho, terá uma programação ao longo do mês em Foz do Iguaçu e será marcado principalmente pela inauguração da primeira Unidade de Valorização de Resíduos (UVR), no dia 16 de junho.

Localizada na região do Morumbi, a unidade representa a modernização da política de reciclagem, e será a primeira a utilizar o sistema mecanizado para o processo de triagem e armazenamento dos materiais da coleta seletiva domiciliar.

O sistema melhora as condições de trabalho dos catadores e catadoras, aperfeiçoa os processos de logística, melhora a renda dos trabalhadores e o atendimento para os moradores da região. A unidade, que receberá o nome de Rosana Lemos Turmina, presta uma homenagem à gerente de Educação Ambiental de Itaipu que, entre outras ações, promoveu, em 2002, a revitalização do Ecomuseu, instituição responsável em facilitar o processo de educação ambiental na cidade e na região do reservatório.

 A UVR está recebendo os ajustes finais com paisagismo e jardinagem da área externa. O programa de coleta seletiva foi implantado em 2018 e atende 100% da área urbana e rural do município.

Educação Ambiental
A programação também inclui a primeira reunião do Programa de Educação Ambiental na Administração Pública em 2020.  Serão três turmas formadas por representantes de prédios públicos municipais e uma formada por representantes dos colégios estaduais. As reuniões serão virtuais e a primeira está programada para esta sexta-feira (05), das 9h às 10h. As demais acontecerão nos dias 8 e 9 de junho.

Mata Atlântica
No dia 17 de junho, a Secretaria de Meio Ambiente e instituições parceiras apresentarão ao Conselho Municipal de Meio Ambiente o Plano Municipal da Mata Atlântica, primeiro elaborado no município de Foz do Iguaçu, e um dos instrumentos de planejamento e gestão para promover o desenvolvimento sustentável.
A implementação do plano é um importante avanço nas políticas estruturantes para a área e integra Foz do Iguaçu aos mais de 300 municípios brasileiros que já possuem o documento. Desta forma, a cidade passa a integrar a lista de municípios prioritários para acessar o Fundo de Restauração da Mata Atlântica.

“Essas ações representam os resultados dos esforços desta gestão, que incluíram a criação de cargos, como geóloga, engenheira ambiental e químico, a revisão do plano de saneamento básico e de leis e decretos há mais de 20 anos desatualizados, bem como a construção dos planos de recursos hídricos, educação ambiental, arborização urbana e agora o tão sonhado Plano Municipal da Mata Atlântica, documentos não estáticos mas estruturantes de políticas públicas socioambientais concretas", explica a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Angela Meira.

Credenciamento de Cooperativas
Outra ação importante em andamento é o processo de credenciamento de associações e cooperativas de catadores para operação da coleta seletiva de resíduos recicláveis do município. O chamamento segue aberto até o dia 16 de junho e marca a formalização legal e a consolidação do Programa de Coleta Seletiva no município.

AMN

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas