JetSmart volta operar em dezembro voos entre Santiago e Foz do Iguaçu


- Por: Redação 1

JetSmart volta operar em dezembro voos entre Santiago e Foz do Iguaçu
Chilena JetSmart volta operar em dezembro voos de baixo custo entre Foz do Iguaçu e Santiago, no Chile

A JetSmart, companhia chilena de baixo custo (low cost), volta a operar em dezembro voos diretos entre Foz do Iguaçu e Santiago, capital do Chile. A reativação da rota, que está suspensa há 20 meses devido a pandemia do coronavírus (covid-19), foi anunciada na última semana, informou o portal Mejores Destinos Chile.
De acordo com a companhia, a partir do dia 16 de dezembro, o JetSmart terá duas frequências semanais Santiago - Foz de Iguaçu, e vice-versa, em aviões Airbus A320, e capacidade para 186 passageiros. A oferta semanal será de 744 lugares nos dois sentidos. A empresa não descarta um aumento de frequências no futuro.
Os voos entre o Destino Iguaçu e a capital chilena começaram no dia 5 de janeiro de 2020. A operação pela rota, segundo a empresa, ocorreu devido Foz de Iguaçu ser um destino preferencial para viagens em grupo do Chile, muitas delas realizadas até poucos anos atrás por via terrestre. 
Com a reativação desta rota, a companhia espera que mais pessoas tenham acesso a um dos destinos mais procurados da América Latina. Na avaliação da JetSmart, será também uma opção de viagem para os turistas brasileiros embarcarem em Foz do Iguaçu para o país de origem.

Contexto
Os voos da JetSmart são projetados para estadias curtas ou coincidem com os programas turísticos da temporada, operando todas as quintas e domingos. Essa operação faz parte de uma série de destinos que a JetSmart considera no Brasil como parte de sua expansão para a região. 

Até 2019, as estatísticas de viagens indicam que mais de 355 mil chilenos viajaram ao Brasil de avião. A abertura de uma nova rota representa uma oportunidade para recuperar o número de turistas e aumentá-lo nos próximos anos, principalmente com o interesse que os brasileiros têm em visitar o Chile.

Da Redação
 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas