Itaipu, PTI e Unila vão analisar a presença demicropoluentes na água


- Por: Reciel

Itaipu, PTI e Unila vão analisar a presença demicropoluentes na água

A Itaipu Binacional, em parceria com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), vai desenvolver um projeto inédito para analisar a influência de micropoluentes nos rios, no solo e na biodiversidade na área de fronteira entre o Brasil e o Paraguai. O convênio foi assinado na última sexta-feira (29). Intitulado Estudo da dinâmica de micropoluentes em diferentes matrizes ambientais na região transfronteiriça, o trabalho terá como foco 12 rios da Bacia do Paraná 3 (BP3) e outros 12 localizados na bacia correspondente na margem paraguaia. A iniciativa complementa outro projeto, Micropoluentes em águas superficiais da BP3, desenvolvido a partir de 2016 e que analisou a concentração dos agrotóxicos glifosato (utilizado no cultivo de soja) e atrazina (milho) em 21 rios da BP3, todos em áreas de forte atividade agrícola. (DI Itaipu /Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu)

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas