Itaipu prepara pacote para beneficiar cerca de 30 mil pessoas até o fim do ano


- Por: Redação 1

Itaipu prepara pacote para beneficiar cerca de 30 mil pessoas até o fim do ano

A partir deste mês, a Itaipu inicia mais uma série de iniciativas e ações que vão reforçar a transformação na economia local já impulsionada pelas obras estruturantes promovidas pela empresa, para fazer com que Foz do Iguaçu chegue ao fim deste ano pronta para a grande retomada do crescimento, que deve acontecer após o fim da pandemia da covid-19. 
Algumas dessas ações beneficiam todos os moradores da cidade e outras, mais pontuais, vão atender aproximadamente 30 mil iguaçuenses, o equivalente a quase 12% da população do município, conforme último censo demográfico.
O pacote inclui o início de novas obras, como a duplicação da Rodovia das Cataratas, que deve ter o edital de licitação publicado ainda este mês e a obra iniciada até o fim do ano, e a entrega de outras, como a revitalização do Gramadão e o Mercado Público, ambos na Vila A. Também está prevista a doação de 20 mil cestas básicas para a população em situação vulnerável, em data a ser definida. 
Para junho também está programado o início de uma capacitação de 2,2 mil profissionais de vários setores, especialmente do turismo, e também da campanha de promoção do segmento, com a divulgação do Destino Iguaçu e a captação de eventos, por exemplo.  
  As iniciativas ocorrem um mês depois do aniversário de 47 anos da Itaipu e de 37 anos de operação da usina e no mês de aniversário de 107 anos de emancipação política de Foz do Iguaçu, celebrado nesta quinta-feira (10). 
   “São contrapartidas que fazemos em prol de uma cidade que tão bem acolheu nosso empreendimento e nosso corpo funcional de forma bastante respeitosa e carinhosa”, diz o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general João Francisco Ferreira. 
      
Apoio ao turismo   
O programa Capacita Foz já beneficiou 150 pessoas, com bolsa-auxílio mensal de R$ 450, por três meses, no ano passado. Agora, em uma versão ampliada, vai atingir 2.250 trabalhadores, com bolsa auxílio de R$ 550, pelo mesmo prazo. A iniciativa é da Itaipu, sob gestão do Instituto Polo Internacional Iguassu, consultoria do Sebrae e apoio de diversas entidades parceiras. O público-alvo é formado por camareiras, guias de turismo, motoristas de aplicativos, atendentes, recepcionistas, cozinheiros e garçons e trabalhadores da área de eventos, entre outros. 
    As aulas são on-line. Depois de capacitados, esses profissionais poderão, inclusive, serem contratados por meio de uma vitrine que funcionará por meio de um aplicativo. Os serviços desses profissionais e a forma de contratação serão divulgados ao final da capacitação.
 “É um pilar que se junta ao trabalho que já vem sendo feito pela margem brasileira da Itaipu nos últimos dois anos para garantir uma nova guinada na economia de Foz do Iguaçu e região”, afirma Ferreira. “Todas essas medidas vão ajudar Foz, a nossa fronteira e o Oeste do Paraná, com impactos indiretos em todo o Estado.”
 Outras ações voltadas ao turismo, a principal vocação econômica de Foz do Iguaçu, são a campanha de promoção e divulgação do destino Foz do Iguaçu, o mapeamento e a identificação de projetos necessários para melhorar a experiência do visitante, com a diversificação de nichos turísticos e o aumento do tempo de visitação do turista.  
Considerado destino seguro por adoção de práticas sanitárias pioneiras, no ano passado, Foz do Iguaçu saiu na frente e conseguiu mitigar os efeitos da pandemia, promovendo uma visitação segura e a manutenção de postos de trabalho por meio de iniciativas como a campanha Vem pra Foz, desenvolvida pela Itaipu em parceria com várias entidades do trade turístico. 
  Segundo Ferreira, são iniciativas casadas pensando desde o aspecto emergencial até o estruturante. Itaipu está provendo grandes obras, como a Ponte da Integração Brasil - Paraguai, a Perimetral Leste e o Mercado Público e diversas outras, sem perder de vista ações pontuais e fundamentais para facilitar a retomada econômica na cidade-sede da empresa.
 No total, os investimentos de Itaipu em infraestrutura somam mais de R$ 2,5 bilhões, com geração de mais de 2,5 empregos. “É a continuação do trabalho da gestão anterior, do meu antecessor general Joaquim Silva e Luna, com olhar para o futuro, com base na realidade local, seguindo orientação do governo federal”, diz Ferreira. 

Combate à covid-19  
A Itaipu também vem contribuindo com a saúde e o bem-estar da população de Foz do Iguaçu, com foco especial nos mais necessitados. Somente no apoio ao combate à pandemia de covid-19, por exemplo, foram investidos mais de R$ 85 milhões, desde o ano passado. Além da compra de equipamentos, testes e da montagem de UTIs, o recurso também foi utilizado como auxílio emergencial a dezenas de entidades de ajuda humanitária.

Imprensa de Itaipu

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas