Incontinência Urinária não é normal


- Por: Reciel Rocha

Incontinência Urinária não é normal

O problema atinge mais de 30% das mulheres com mais de 40 anos e tem tratamento.

A incontinência urinária é um problema muito frequente, que pode acometer homens e mulheres de todas as idades, mas ocorre pelo menos duas vezes mais nas mulheres. De 30 a 40% das mulheres com mais de 40 anos apresentam algum grau de IU e após os 70 anos, pelo menos quatro vezes mais do que as que estão na faixa etária de 20 a 40 anos. A incontinência urinária pode ser causada por vários fatores e a principal característica é a perda involuntária de urina e pode comprometer seriamente a qualidade de vida e a autoestima das pessoas.

Os principais tipos de incontinência urinária são: a incontinência urinária de esforço (IUE) – que é a perda urinária ao tossir, espirrar ou carregar pesos, nos homens a IUE é mais comum após cirurgias na próstata; e a incontinência urinária de urgência que é a perda de urina acompanhada pela sensação de urgência para urinar, os homens com HBP podem apresentar este problema. 

Apesar de ser um problema que aumenta conforme a idade, o médico urologista, Dr. Gustavo Cruz de Foz do Iguaçu no Paraná  alerta: “A incontinência urinária não deve ser encarada como normal em nenhuma faixa etária, ela pode ser tratada adequadamente na grande maioria dos pacientes e a pessoa que sofre do problema pode voltar a ter a sua qualidade de vida e a sua liberdade de ir e vir restaurada, sem a preocupação de saber se vai ter um banheiro por perto”, Esclarece.

Além da idade, outros fatores que aumentam o risco de apresentar incontinência urinária são: o diabetes, a obesidade e a presença de doenças neurológicas. Nas mulheres, a falta de estrógeno também ter alguma relação com o problema.

Siga o Doutor Gustavo Cruz no Instagram @dr.gustavocruz
Saiba mais: www.drgustavocruz.com.br

 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas