Idosos com mais de 70 anos e imunossuprimidos podem receber a dose de reforço sem agendamento


- Por: Redação 1

Idosos com mais de 70 anos e imunossuprimidos podem receber a dose de reforço sem agendamento
Idosos com mais de 70 anos e imunossuprimidos já podem receber a dose de reforço contra a covid-19

A partir de hoje (24), idosos com mais de 70 anos e imunossuprimidos já podem receber a dose de reforço contra a covid-19, sem a necessidade de agendamento, em cinco unidades básicas de saúde. São elas: Morumbi 2, AKLP, Vila Yolanda, Três Bandeiras e Padre Monti. 
As doses serão aplicadas em idosos que já completaram o esquema vacinal há pelo menos seis meses e nos imunossuprimidos que tomaram a segunda dose ou dose única há pelo menos 28 dias. Para receber a terceira dose, é necessário portar os documentos pessoais e o comprovante de vacinação. 
A proposta da Secretaria Municipal da Saúde é acelerar a vacinação neste grupo. “Abrimos o agendamento para idosos com mais de 80 anos e imunossuprimidos na terça-feira, e a procura ficou abaixo do esperado. Apenas 400 doses de reforço foram aplicadas nesta quarta-feira (22), por isso optamos por ampliar a faixa etária, para 70 anos e liberar a demanda espontânea nestas cinco unidades”, explicou a secretária de saúde, Rosa Maria Jerônymo. 
O início da aplicação da dose de reforço deve-se à chegada de novos imunizantes, enviados pelo Governo do Estado na última segunda-feira (21). Para este público foram enviadas 2.556 doses. 
São considerados imunossuprimidos os transplantados, pacientes em hemodiálise, quimioterapia, Aids, entre outras pessoas em alto grau de imunossupressão. De acordo com a secretária de Saúde, Rosa Maria Jerônymo, os idosos que vivem em instituições de longa permanência serão vacinados nestes locais pelas equipes da Atenção Básica.


AMN
 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas