Hospital Municipal registra a décima alta de paciente recuperado da Covid-19


- Por: Redação 007

Hospital Municipal registra a décima alta de paciente recuperado da Covid-19


Emerson Porto Novaes ficou 14 dias internado, 9 deles na UTI. Na tarde deste domingo (31) ele voltou para a casa

Após 14 dias internado no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, em Foz do Iguaçu, o caminhoneiro Emerson Porto Novaes, 38 anos, voltou para a casa neste domingo (31). 
O paciente, vítima da Covid-19, ficou nove dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e hoje, ao deixar a unidade, recebeu aplausos da equipe multidisciplinar da ala Covid. Esta foi a décima alta registrada pelo Hospital Municipal, a sexta de um morador de Foz do Iguaçu. 

A luta de Emerson contra o coronavírus foi árdua. No dia 17 de maio ele procurou a Triagem Covid do Hospital Municipal apresentando tosse seca e calafrios. Como apresentou histórico de deslocamento, com viagens para as cidades de Paranaguá (PR) e Assunção (PY), o caso foi classificado como transmissão importada.

Sem comorbidades, o paciente foi internado na unidade semi-intensiva, onde permaneceu por dois dias. Com agravamento do quadro, a equipe optou por transferi-lo para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde permaneceu por nove dias. Mais estável, Emerson deixou a UTI e foi transferido para a enfermaria. 

“Foi tudo muito difícil, mas consegui vencer. O atendimento de toda a equipe foi perfeito. Eles trabalham para salvar a nossa vida. Que Deus abençoe todos vocês” disse emocionado o paciente ao deixar o hospital. “Ninguém sabe que estou indo para casa. Vou fazer uma surpresa pra eles”, contou Emerson, que foi encaminhado pelo transporte do Hospital até sua residência. 

Mesmo após a alta, o paciente continuará sendo acompanhado pela equipe médica, através do sistema de telemedicina. Segundo o médico Jonathan Pliacekos, a Telemedicina também é responsável pelo acompanhamento diário de todos pacientes confirmados com a doença. 

Até o dia 25 deste mês, o sistema registrou 213 acompanhamentos, entre casos positivos e outros diagnosticados com síndromes respiratórias.

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas