Reabertura dos atrativos turísticos anima a rede hoteleira da cidade


- Por: Redação 1

Reabertura dos atrativos turísticos anima a rede hoteleira da cidade
Grandes hotéis de Foz do Iguaçu estão acelerando os preparativos para voltar a receber hóspedes

Os grandes hotéis de Foz do Iguaçu estão numa corrida contra o tempo para encerrar os últimos preparativos antes de voltar a receber hóspedes. A expectativa é com a reabertura para visitação dos principais atrativos da Tríplice Fronteira - o Parque Nacional do Iguaçu, o complexo do Marco das 3 Fronteiras, o Parque das Aves, o Dreamland, entre outros, no dia 10 de junho e o Circuito Turístico da Itaipu, no feriado de Corpus Christi (11 de junho). 

Foz do Iguaçu tem um parque hoteleiro com aproximadamente 32 mil leitos distribuídos entre mais de 180 meios de hospedagens como hotéis, pousadas, albergues e hostels. Os estabelecimentos, que estão fechados desde a segunda metade de março, quando entrou em vigor o decreto de situação de calamidade, estão autorizados a reabrir desde o dia 11 de maio.
A retomada dos serviços de hotelaria criou um contexto inédito numa das cidades mais visitadas do Brasil. A nova rotina tem relação com os protocolos de segurança sanitária que precisam ser adotados para evitar a propagação do novo Coronavírus, agente da infecção denominada Covid-19.

A Bourbon Hotéis & Resorts anunciou a retomada gradativa de alguns de seus empreendimentos. O próximo será o Bourbon Cataratas do Iguaçu Resort, que abre no dia do aniversário de Foz do Iguaçu, 10 de junho, junto com diversos atrativos turísticos da cidade. O estabelecimento está fechado há 81 dias. Na volta, os espaços serão reabertos respeitando limites e regras de convivência, informa a assessoria.

Um dos dois hotéis da Rede Viale, o Viale Tower (no centro), reabriu no dia 18 de maio com medidas de proteção, informa em nota a assessoria. "É uma nova realidade que exige muitas providências por parte dos responsáveis pelos hotéis", disse o gerente do hotel, Fernando Higa. "Mas são medidas necessárias para dar segurança à nossa equipe e aos hóspedes", ressaltou.

Procedimento
Entre os novos procedimentos estão a aplicação de produto antiviral no tapete de entrada, instalação de “cortina” de vidro na recepção e obrigatoriedade de uso de máscaras para hóspedes e equipe de trabalho, além de aferição de temperatura. A disponibilização de álcool gel nas áreas comuns, nos banheiros públicos e nos apartamentos também foi adotada.

O estabelecimento implantou ainda a higienização mais frequente de superfícies de contato como balcões, maçanetas, botões de elevador, interruptores, telefones, etc. e a remoção de revistas e jornais. As máquinas de cartão estão envelopadas com filme plástico. Também são substituídos o enxoval a cada troca de hóspede e cobertores e toalhas são embalados de forma individual.


Ronildo Pimentel
Foto: Kiko Sierich

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas