Gastrite - Como a nutrição pode auxiliar no tratamento


- Por: Redação 2

Gastrite - Como a nutrição pode auxiliar no tratamento

A gastrite é uma inflamação da mucosa gástrica. 
Pode ser causada por diversos fatores, sendo os mais comuns:  infecção pela bactéria Helicobacter Pylori; excesso no uso de medicamentos anti-inflamatórios; doença de Crohn; fatores emocionais como estresse e ansiedade; e uso de álcool e cigarro.

Além do tratamento com medicamentos (indicados pelo médico), o paciente precisa adotar orientações dietéticas simples no seu dia a dia, que farão total diferença na diminuição dos sintomas e prevenção de novas lesões, além de contribuir no processo de cicatrização da mucosa. 

Algumas recomendações são:

- Comer devagar e mastigar bem os alimentos;
- Fracionar as refeições em pelo menos 5 ou 6 vezes por dia (para que as porções sejam de volume menor);
- Preferir pães, torradas, biscoitos simples;
- Consumir legumes e verduras cozidos e carnes magras grelhadas, cozidas ou ensopadas; 
- Evitar ingerir líquidos junto às refeições principais;
- Evitar alimentos fritos em óleo;
- Evitar laticínios em geral (leite, iogurte, queijos, maionese, creme de leite);
- Suspender a ingestão de: café, chá mate, bebidas alcoólicas, refrigerantes, água gaseificada. 
- Evitar consumo de frutas ácidas: limão, maracujá, laranja-pera, acerola, abacaxi; 
- Alimentos industrializados com alto teor de sódio, açúcar e gordura (salgadinhos, biscoitos recheado, bombons, sorvetes, salsicha, molhos, macarrão instantâneo, caldo de carne, preparações congeladas) devem ser evitados ao extremo.  

E lembre-se: sempre procure ajuda de um profissional qualificado para um tratamento com melhor eficácia. 

Juliana Cigerce 
Nutricionista
CRN 8 - 13461

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas