Foz receberá novos investimentos no setor de segurança pública em 2022


- Por: Redação 2

Foz receberá novos investimentos no setor de segurança pública em 2022
Ainda neste ano, é esperada a construção do Centro Integrado das Polícias e das reformas da Delegacia da Mulher e do Instituto de Identificação

Integrações de Forças de Segurança - Guarda Municipal, Polícia das Forças Armadas, Polícia Nacional e Forças Armadas - vem em ações significativas a criminalidade, assaltos, tráfico de armas e drogas Foz do Iguaçu. Entre 1021 e 5 de janeiro de 2022 não ocorreu nenhuma ocorrência de embarque nas proximidades da ponte e na BR-27 - trecho usado durante a compra em Ciudad del Este (Paraguai). A redução dos casos se estender às áreas centrais do comércio (Avenida Brasil) da cidade.
"Há um trabalho integrado, de inteligência, que inclusive se estende às autoridades paraguaias e à população de Foz, e aos turistas que visitam as fronteiras", disse o prefeito Chico Brasileiro (PSD) ). 
Nesta semana, a GM retomou o Grupo de Apoio ao Turismo e Eventos (Gate) que vai atuar no corredor turístico para ampliar a segurança dos eventos e atrativos. Viaturas eventos ronda em pontos turísticos atrativos e estarão fixos durante grandes. As equipes serão compostas por agentes da Guarda Municipal e de turismo que darão o apoio necessário às demandas dos visitantes.
Fronteira
A Polícia Rodoviária Federal aponta que entre 20 mil e 30 mil veículos cruzam diariamente a fronteira mais movimentada no país. Agentes da PRF, auditores fiscais da Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Militares do Exército formam como força de segurança na cabeceira e nos bairros do entorno da Ponte da Amizade.
A PRF e a Polícia Civil reforçaram suas equipes, e os ampliados na região fronteiriça. “Ampliamos a fiscalização e o policiamento da região de segurança, pois estava nesta fila, um dos limites de roubo, principalmente durante o período em que os veículos circularam na área de segurança tão, que as autoridades mostraram e empresário da cidade os investimentos realizados na cidade.
"Foz do Iguaçu é um grande exemplo de gestão pública: temos órgãos trabalhando de forma conjunta, seja nas operações de compartilhamento de experiências e ações de banco de dados. O ano de 2022 será marcado por muitos investimentos na região de Foz", completou Marinho.

Obras
A região deve receber um Centro Integrado de Polícias. O centro será coordenado pela PM . “Esse centro de polícias é muito importante para uma cidade turística.  A segurança é fundamental, nas proximidades da Ponte da Amizade, onde tudo o que acontece ali ecoa Brasil afora", disse o vice-prefeito, Delegado Francisco Sampaio (PSD) sobre o empreendimento que deve ser custeado com recursos da Itaipu Binacional.
Além do centro de polícias, as ações da Secretaria de Segurança (Sesp) preveem a construção da sede para os bombeiros (25% das obras) e da cadeia pública (93% das obras concluídas), implantação do projeto Olho Vivo, entrega  de motocicletas BMW e as reformas da Delegacia da Mulher e do Instituto de Identificação. 
Parte dos projetos já está em andamento ou em processo de licitação. Os aportes, que também contam com apoio da Itaipu Binacional, ultrapassam mais de R$ 70 milhões. Com as unidades prisionais de Foz e Guaíra (também em fase de conclusão), a Sesp avalia a abertura de mais 1,5 mil novas vagas no sistema penitenciário do oeste.

Avenida Brasil
“Além da redução da criminalidade na região da Ponte da Amizade, também tivemos redução de furtos na Avenida Brasil, uma das maiores e que nesta época do ano é mais frequentada”,  disse o delegado-chefe da Polícia Civil em Foz, Rogério Antônio Lopes
A delegada-adjunta da 6ª subdivisão policial, Iane Cardoso do Nascimento, destacou a atuação da polícia civil na região da ponte. “A Polícia Civil está em constante circulação nas proximidades da BR 277 da Ponte da Amizade, devido a situação de que estava ocorrendo um grande número de roubos recentemente. E também, por isso, por meio de investigações, instauramos inquéritos e efetuamos prisões frente a esses crimes que estavam ocorrendo na região”.
No período apontado (19 de dezembro/5 de janeiro) por crimes cometidos. Também foram cumpridos pela Polícia Militar nove mandados de prisão por diversos crimes, quatro pela própria Polícia Civil e outros cinco.
“Foz do Iguaçu está avançado em todos os aspectos, e na segurança não é diferente. Estamos trabalhando para fazer de Foz uma das melhores cidades para se viver. Estamos por todo o suporte e apoio da Sesp, e seguimos trabalhando muito, semper de forma integrada, com todos os órgãos de segurança”, disse o secretário municipal de Segurança Pública, Reginaldo José da Silva.

Da redação

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas