Foz está entre as cidades mais competitivas do Paraná


- Por: Redação 1

Foz está entre as cidades mais competitivas do Paraná
Foz do Iguaçu ocupa a 6º posição entre as cidades acima de 200 mil habitantes do estado

 Entre as cidades do Paraná com população acima de 200 mil habitantes, Foz do Iguaçu ocupa a 6º posição. O levantamento do Centro de Liderança Pública (CLP), divulgado  nesta semana,  mostra o ranking de competitividade dos municípios brasileiros. O estudo foi construído a partir de 65 indicadores dentro de pilares temáticos como sustentabilidade fiscal, meio ambiente, saneamento, educação, saúde, entre outros parâmetros. 
“Apesar da pandemia e de seus reflexos econômicos, estamos conseguindo promover em Foz do Iguaçu uma agenda permanente de desenvolvimento. As ações passam pela austeridade fiscal, melhoria no ambiente de negócios, obras estruturantes e, principalmente, meios para fortalecer ainda mais a nossa indústria sem chaminé que é o turismo. E todas estas ações já estão dando resultados”, comentou o prefeito Chico Brasileiro. 
O ranking do CLP analisou dados de 411 municípios brasileiros com população acima de 80 mil habitantes de acordo com a estimativa do IBGE para o ano de 2020, o que representa 7,38% dos municípios federados. Do total de cidades avaliadas, 27 são do estado do Paraná. 

Destaques
No quesito sustentabilidade fiscal e na contramão de muitos municípios, Foz do Iguaçu tem se destacado por manter as contas públicas equilibradas, sem deixar de executar obras de infraestrutura tão solicitadas há décadas por toda a população, como é o caso da drenagem e da pavimentação. 
Segundo dados do Tesouro Nacional do Ministério da Economia, o município, pelo quarto consecutivo, mantém “Nota Verde” no indicador Capacidade de Pagamento (CAPAG), o que significa que está com as contas em dia e apto a receber garantias da União nas operações de crédito. 
Reflexo da austeridade fiscal, compromissos financeiros da Prefeitura de Foz do Iguaçu, como fornecedores e precatórios, são pagos rigorosamente dentro dos prazos estipulados.

Além disso, o Município conseguiu efetuar operação de crédito com a Caixa Econômica Federal para executar grandes obras de mobilidade urbana, a exemplo, do recapeamento, revitalização e prolongamentos das avenidas: Costa e Silva, JK, João Paulo II, General Meira, Safira entre outras.
Na saúde, apesar de Foz do Iguaçu estar em uma região de fronteira e atender números de pacientes bem superiores à sua população, o Município tem se destacado, segundo dados oficiais do Governo Federal. No indicador de Cobertura da Atenção Básica (AB), o índice chega a 97,83% - situação muito diferente de 2017, quando o percentual era de 62,07%. Além disso, na campanha de imunização contra a Covid-19, Foz é um dos destaques, com mais de 430 mil doses aplicadas e 97% da população adulta vacinada com as duas doses. 
A educação também tem contribuído para colocar Foz do Iguaçu como uma das cidades mais competitivas do país. Como resultados dos investimentos da gestão municipal na área, os dados do último Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) do Governo Federal apontam que entre as cidades com mais de 150 mil habitantes, das dez escolas paranaenses mais bem colocadas no ranking, cinco são de Foz do Iguaçu, inclusive o primeiro lugar. Já no ranking nacional, o ensino de Foz foi considerado o sexto melhor do país entre as cidades com mais de 250 mil habitantes.

AMN / Foto: AMN
 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas