Foz do Iguaçu registra 58 novos casos e mais três mortes pela Covid-19


- Por: Redação 1

Foz do Iguaçu registra 58 novos casos e mais três mortes pela Covid-19
Foz do Iguaçu chegou a um total de 36 vítimas fatais do novo coronavírus nesta quarta-feira (5)

Foz do Iguaçu registrou mais três mortes pela Covid-19 nesta quarta-feira (5). Os pacientes, todos homens, possuíam comorbidades. Uma das vítimas tinha 55 anos e estava internada no Hospital Municipal Padre Germano Lauck desde o dia 21 de julho.  Ele deu entrada na instituição com quadro de dispnéia, dor torácica, cefaleia e tosse seca. Com o agravamento do caso, foi transferido para a UTI da ala Covid, não resistindo às complicações ocasionadas pela doença.
O segundo paciente, de 73 anos, estava internado no Hospital Ministro Costa Cavalcanti desde o dia 30 de junho. O quadro evoluiu com deficiência de múltiplos órgãos, choque cardiogênico e insuficiência renal aguda. 

A terceira vítima foi um idoso, de 91 anos, que estava internado desde o dia 17 de julho no Hospital Ministro Costa Cavalcanti. O quadro se agravou com infecção generalizada, vindo a óbito no início da tarde de ontem.
Com estas perdas Foz chegou a um total de 36 vítimas fatais do novo coronavírus. Esse número reforça o alerta para que a população mantenha os cuidados e as orientações de segurança sanitária, mesmo com a flexibilização das restrições de isolamento e a retomada gradativa das atividades comerciais no município. 

Na tarde de ontem a Vigilância Epidemiológica também confirmou 58 novos casos de infecção.  Destes, 33 pacientes são mulheres e 25 são homens, com idades entre 11 meses e 76 anos. Apenas duas pessoas estão internadas. As demais estão em isolamento domiciliar sendo acompanhadas pelas equipes médicas. 

Pacientes recuperados
Foz chegou nesta quarta-feira a um total de 3.616 casos confirmados de Covid-19. A boa notícia, apesar dos óbitos, é de que deste total, 3.352 pessoas já estão recuperadas da doença e o número de infectados vem diminuindo de forma gradativa, embora ainda ocorram oscilações. Do total de casos confirmados ativos, 167 estão em período de isolamento domiciliar com sinais e sintomas leves, e 61 pessoas estão internadas. 

Parceria com a Unila agiliza exames 
Desde o início da pandemia, a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) tem sido um importante ator no combate à Covid-19 em Foz. A principal estratégia para a atenção em saúde durante o período de pandemia é por meio do Plantão Telefônico Covid-19 e da Telemedicina, que oferecem atendimento e acompanhamento remoto, evitando deslocamentos desnecessários e a sobrecarga dos serviços de emergência com casos leves. 

Os serviços foram implantados por meio de uma parceria entre a Unila, a Secretaria Municipal de Saúde, a Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação e a Fundação Municipal de Saúde. De março a julho, foram 12.612 atendimentos telefônicos. Destes, apenas 1.877 (18,6%) precisaram ser encaminhados para o atendimento presencial. Já na Telemedicina, foram registrados 4.564 atendimentos, entre consultas a sintomáticos respiratórios e acompanhamento diário de pacientes com Covid-19.

Da redação 
Foto: divulgação 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas