Foz do Iguaçu recebe curso de formação de mulheres progressistas nesta quarta, 27


- Por: Redação 1

Foz do Iguaçu recebe curso de formação de mulheres progressistas nesta quarta, 27

Foz do Iguaçu vai receber, nesta quarta-feira (27), a segunda etapa do curso de formação política para mulheres, promovido pelo Partido Progressista do Paraná. A atividade está programada a partir das 9h no Hotel Bourboun (Avenida das Cataratas). "A representação política de mulheres, por mulheres, infelizmente ainda é muito aquém, daí a importância deste evento", diz a policial federal Bibiana Orsi, liderança feminina do partido no Oeste do Paraná.
Os encontros, denominada Cidades Excelentes, são organizados pelo Movimento Mulheres Progressistas 11, do projeto Fortalecendo o Futuro. A série, aberta em Curitiba, é liderada pela presidente estadual do PP, deputada Maria Victoria e reúne prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras e novas filiadas. A ideia é oferecer ferramentas que contribuam em gestões municipais e as tornem mais modernas e eficientes. 
"Esse é o maior evento de capacitação para progressistas. Estamos aqui para trocar experiências e dividir histórias para inovar e avançar", afirmou Maria Victoria. Depois de Foz do Iguaçu, o curso será realizado em Maringá, Toledo e Londrina. A iniciativa quer aumentar o número de mulheres filiadas no Progressistas.
"Temos a participação de diversas gestoras que buscam trocar ideias e experiências para dar o seu melhor e atender as demandas da população", afirmou a conselheira da Itaipu Binacional e ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti. "São mulheres determinadas e com vocação para servir", concluiu.

Representação baixa
Bibiana Orsi lembra que, na última eleição, 51,6% do eleitorado apto a votar eram mulheres. "Infelizmente a representação nas eleições municipais ficou muito aquém, não só em Foz, mas no Paraná e no Brasil. No Estado, somos representadas pela deputada Maria Vitória e temos uma liderança mulher fortíssima, que é a Cida Burghetti", disse.

Ela informou que, na região, tem se encarregado do trabalho de liderança das mulheres. "Queremos mostrar que os progressistas não trabalham só em ano de eleição, estamos tentando formar novas lideranças, incentivar as mulheres a participarem do debate, se emponderarem como líderes das suas comunidades, em todos nichos que fazem parte - religiosos, educação, saúde, causa animal, segurança pública". 

Participação
Bibiana comentou que muitas lideranças já confirmaram participação do evento. Entre elas a líder da bancada feminina na Câmara de Foz, Anice Gazzaoui, das vereadoras Protetora Carol e Yasmin Hachem, do presidente Ney Patrício e a primeira-dama Rosa Maria Jerônymo. O ato também terá lideranças femininas da região.
"Isto tudo é fruto do nosso trabalho de articulação, mostrando que estamos todos os dias do ano trabalhando pelo crescimento da mulher", ressaltou. Além de policial federal, Bibiana já foi professora, duas vezes candidata a deputada federal e outra a vice-prefeita. "Continuo na militância e acredito no trabalho de base".
"Política não se faz só em ano eleitoral, e as mulheres têm que participar dessa transformação, de um modelo de política, onde não sejamos só objeto de política", ressaltou. A intenção é garantir as mulheres condições de serem líderes determinantes das políticas sociais.

Da Redação
 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas