Foz do iguaçu já gerou quase três mil empregos formais neste ano


- Por: Redação 1

Foz do iguaçu já gerou quase três mil empregos formais neste ano
No mês de outubro Foz conquistou o quarto lugar entre as cidades que mais geraram empregos no Paraná

Foz do Iguaçu se aproxima do final de 2021 com resultados bastante positivos para a economia. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na terça-feira (30), pelo Ministério da Economia, apontam que a cidade já gerou 2.952 empregos com carteira assinada neste ano. O saldo pode ser ainda mais promissor agora em dezembro, com as contratações de reforço para as vendas de Natal.
O balanço é resultado de 25.014 admissões, contra 22.062 desligamentos. Para entender o contexto até o presente, em janeiro e fevereiro foram registradas 401 e 525 contratações respectivamente. Em março houve uma queda nas ofertas de emprego por conta da pandemia e Foz perdeu 244 postos. 
A situação de incerteza se repetiu em abril, com mais 219 demissões. Entre maio e agosto houve uma recuperação, com abertura de 1007 vagas (meses somados). Em setembro, com a retomada de eventos e a movimentação na rede hoteleira houve abertura de 737 oportunidades. Em outubro, melhor mês do ano até o momento, foram registradas 745 contratações. 
Dentre os setores que mais geraram oportunidades na Terra das Cataratas destaca-se a prestação de serviços, com destaque para a categoria que engloba informática, comunicação e atividades financeiras; além de redes imobiliárias e administrativas. Somente nestes campos foram abertas 610 vagas no ano. 
O comércio também foi destaque na abertura de empregos, contabilizando um total de 1.295 vagas entre janeiro e outubro. A categoria que integra a venda e a reparação de veículos automotores e motocicletas foi a que mais se destacou nos últimos meses. Merecem espaço ainda os setores de construção civil e indústria, que geraram respectivamente 217 e 116 vagas no intervalo dos últimos dez meses. 
De acordo com o prefeito Chico Brasileiro, a sequência positiva é reflexo de múltiplos esforços para frear a pandemia e retomar o turismo na Tríplice Fronteira. “A retomada econômica de Foz do Iguaçu tem sido muito acelerada e os ótimos números de visitação dos últimos feriados contribuíram com a movimentação do comércio e dos serviços. Podemos esperar para os próximos meses números ainda melhores, isso porque Foz já se demonstrou um destino seguro, com quase 100% da população vacinada com as duas doses da vacina”, destacou. 
Cidade destaque 
No mês de outubro Foz conquistou o quarto lugar entre as cidades que mais geraram empregos no Paraná, atrás apenas de Curitiba, que abriu 3.645 vagas; Maringá (+1.064) e Londrina (+959). Foram destaques também no Oeste Cascavel (+563), Toledo (+482) e Matelândia (+341). 
Em todo o Estado foram gerados 176.570 postos de trabalho neste ano, classificando o Paraná como o quarto melhor na geração de empregos no país em 2020.  À frente destacam-se apenas São Paulo (+812.484), Minas Gerais (+300.660) e Santa Catarina (+187.147). 
Avanço no Brasil 
Assim como no Paraná, o emprego formal cresceu no Brasil pelo décimo mês consecutivo. Segundo o Caged, o saldo do mês de outubro em todo o País foi de 253.083 vagas. Já o acumulado dos dez meses do ano chega a 2.645.974 vagas.

Da redação 
Foto: arquivo GDia 

 


 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas