Foz do Iguaçu é finalista do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor


- Por: Redação 1

Foz do Iguaçu é finalista do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor
 Município concorre nas categorias “Cidade Empreendedora” e “Compras Governamentais”; Premiação será entregue no dia 31 de maio em Curitiba

A Prefeitura de Foz do Iguaçu é uma das finalistas da XI Edição do Prêmio Estadual Sebrae Prefeito Empreendedor nas categorias “Cidade Empreendedora – Região Sul” e “Compras Governamentais”. A premiação reconhece os gestores que implementaram projetos com resultados comprovados de estímulo aos pequenos negócios, contribuindo de forma efetiva para o desenvolvimento de seus municípios.
Cerca de 50 projetos em todo o estado foram selecionados nestas categorias e concorrem ao prêmio, que será entregue durante uma cerimônia em Curitiba, no dia 31 de maio.
Na categoria “Cidade Empreendedora”, o município concorre com o Programa Foz Desenvolve, que desde 2018 tem contribuído com o pequeno empresário, gerando novos negócios e fomentando a economia local. Dentro dele, uma série de ações são desenvolvidas, como o Destrava Foz, programa de simplificação para abertura de empresas; o Foz Juro Zero, linha de crédito ofertada para profissionais autônomos, microempreendedores (MEIS) e microempresários (ME); o Foz Conhecendo Foz, criado durante a pandemia para promover os atrativos turísticos e gerar renda aos guias e profissionais do transporte turístico e escolar, entre outras iniciativas. 
“Desde o início da gestão firmamos essa importante parceria com o Sebrae e estamos satisfeitos com o conjunto de ações e os resultados alcançados. O Foz Desenvolve é um programa que tem gerado grandes resultados para o empresariado local. Estamos, acima de tudo, criando um novo conceito de administração pública, na desburocratização e no desenvolvimento das microempresas”, disse o prefeito Chico Brasileiro. 
Já na categoria “Compras Públicas”, Foz é destaque com o Compra Mais Local,  iniciativa que ajuda os empresários a participar das licitações públicas do município; o Repara Foz, que possibilita aos prestadores de serviços realizarem pequenos reparos e manutenções em prédios públicos por meio de contratação direta; o Auxílio Material Escolar, que credenciou papelarias locais para a venda de produtos aos mais de 25 mil alunos da rede municipal e também com a contratação direta de costureiras, durante a pandemia, para a fabricação de máscaras e a geração de renda. 

Para a secretária da Fazenda Salete Horst, responsável por escrever e inscrever os dois projetos no prêmio, a classificação representa uma conquista para o município e a certeza de que as ações de fato têm contribuído com o desenvolvimento da cidade. 
“Ter os projetos classificados para a final demonstra que a administração municipal, junto com os parceiros, está no caminho certo quando se trata de pensar ações de desenvolvimento e melhoria do ambiente dos pequenos negócios”, disse. 

AMN


 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas