Fiscalização de mototaxistas em Ciudad del Este será intensificada


- Por: Reciel Rocha

Fiscalização de mototaxistas em Ciudad del Este será intensificada

A Divisão de Transporte Público da Prefeitura de Ciudad del Este anunciou que irá iniciar, nos próximos dias, um rígido controle sobre os mototaxistas que não são autorizados pelo município para explorar o serviço. A intenção é evitar a evasão fiscal e garantir mais segurança aos usuários. Os trabalhos também vão priorizar a atuação de trabalhadores brasileiros que não respeitam as leis locais.

O foco da fiscalização, segundo o jornal La Clave, será nas ruas próximas da aduana do Paraguai, na cabeceira da Ponte Internacional da Amizade, que liga o país ao Brasil, na região de Foz do Iguaçu. A via é palco de trabalho para centenas de trabalhadores, a maioria de origem paraguaia.

O arrocho na fiscalização foi anunciado pelo chefe da Divisão de Transporte Público, Nilson Acosta, em reunião com os presidentes das diferentes paradas (pontos) de trabalho dos mototaxistas. As lideranças da categoria concordaram em iniciar esta fiscalização para oferecer segurança aos turistas e às pessoas que necessitam do serviço.

"Além de descongestionar o tráfego, principalmente na região do microcentro de Ciudad del Este", informam as autoridades. De acordo com os relatos, os condutores de mototáxi “mau” (sem autorização) trabalham em diferentes áreas, como na rotunda conhecida como “Oasis”, nas imediações da Casa Monalisa.

Ronildo Pimentel / Foto: La Clave

 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas