Escolas municipais retomam aulas presenciais com toda segurança


- Por: Redação 1

Escolas municipais retomam aulas presenciais com toda segurança
Paola, de sete anos, estava ansiosa pelo retorno das atividade

O retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino de Foz do Iguaçu, nesta segunda-feira (03), foi marcado pela tranquilidade de pais e alunos, e organização e segurança nas escolas. Nesta primeira etapa, as atividades acontecem em cinco instituições de ensino (escolas Josinete Holler, Papa João Paulo I, Jardim Naipi, Osvaldo Cruz e Princesa Isabel) com turmas de primeiros e segundos anos do Ensino Fundamental, mantendo 30% da capacidade das salas. 
Os protocolos de segurança determinam o uso obrigatório da máscara, a aferição de temperatura na entrada da escola, a higienização com álcool em gel e lavagem frequente das mãos, além do distanciamento de um metro e meio entre os estudantes. Todos os funcionários das escolas receberam jalecos, máscaras no modelo N95 – consideradas padrão-ouro para proteção - e protetores faciais (faceshield). 
A secretária de educação Maria Justina da Silva acompanhou o retorno dos alunos em algumas escolas e assegurou que todas as medidas de prevenção à covid-19 estão sendo cumpridas. “Além do exame (RT-PCR) que alunos e funcionários fizeram na sexta-feira (30), todos os protocolos estão sendo seguidos. As escolas estão sendo preparadas para este retorno desde o ano passado. As crianças estão contentes e muito cientes das medidas de prevenção e da necessidade de se cuidarem”, comentou. 
O retorno presencial nas cinco escolas também está sendo acompanhado pelos técnicos em Segurança do Trabalho da Diretoria de Saúde Ocupacional da prefeitura. 

Alegria
Na Escola Municipal Jardim Naipi, os alunos foram recebidos com muita alegria pela equipe pedagógica nesta segunda-feira pela manhã. Uma educadora se fantasiou de “Gato de Botas” e orientou as crianças sobre as medidas de segurança, como o uso do álcool em gel. 

Paola Amaro de Faria, de apenas 7 anos, estava empolgada com o retorno, que para ela representa o “primeiro dia de aula”. “Eu gosto de estudar em casa, mas estava com saudade dos meus amigos e das professoras. Fiz o meu exame e deu tudo certo. Queria muito voltar pra escola”, contou a aluna do segundo ano. Jonathan Hiury da Silva também estava animado com o retorno. “Eu sei que tenho que usar máscara, manter o distanciamento e não posso abraçar meus amigos, mas eu queria muito voltar pra escola e estou muito feliz”, disse o pequeno de 7 anos.  

 AMN 
Foto: Christian Rizzi/PMFI

 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas