DER mantém plano para fechar o trevo do Charrua na BR-277


- Por: Reciel Rocha

DER mantém plano para fechar o trevo do Charrua na BR-277
Trevo do Charrua será totalmente fechado pelo DER, segundo informou o diretor de Trânsito do Foztrans

O Departamento de Estrada de Rodagem do Paraná (DER-PR) manteve o plano para fechamento completo do trevo do CRG Charrua na BR-277, na área urbana de Foz do Iguaçu. A informação é do diretor de Trânsito do Instituto de Transporte e Trânsito (Foztrans), Robson Lima. Com a abertura para o trânsito do Viaduto Lyrio Bertoli, havia uma expectativa de fechar parcial da estrutura.
O fechamento do trevo do Charrua foi anunciado pelo DER em outubro de 2018. O GDia abordou o tema, com base em ofício enviado a concessionária do trecho. A rotatória foi implantada para normalizar o trânsito no acesso ao centro e região norte e quem vai ou está de saída do Paraguai. Na ocasião, Foz do Iguaçu tentava implantar semáforos para garantir segurança no local.
De acordo com Robson Lima, o DER-PR não acatou a proposta feita pelo Foztrans, de fechamento parcial da estrutura. O bloqueio deve ocorrer durante a semana ou já na próxima. Os blocos de concreto, que irão impedir o trânsito de veículos, já estão no local para o bloqueio. 
O acesso ao Portal da Foz, em frente ao hotel Rafagnin, também será bloqueado, com participação da Ecocataratas. No local, também já estão os blocos de concreto que serão utilizados. Alguns acessos da BR 277 às marginais Sérgio Gaspareto e Olímpio Rafagnin, que existiam antes do viaduto, também serão bloqueados.
“Nós fizemos uma proposta ao DER para manter o acesso pelo Charrua aberto pelo menos no sentido bairro/centro, para que o motorista que venha da Vila A conseguisse chegar a Avenida José Maria de Brito", disse Robson, em entrevista à Rádio Cultura. "Mas nossa proposta não foi aceita e eles já anunciaram o fechamento para a próxima semana”.
Decisão do DER
"Lembrando que isto não é uma determinação do Foztrans, não é determinação da Prefeitura, é do DER", ressaltou. "Tentamos argumentar para que não seja um fechamento tão drástico, mas eles entendem que por uma questão de segurança é necessário realizar este fechamento", afirmou o diretor de Trânsito.


Ronildo Pimentel  / Foto: Divulgação

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas