Denúncia: Preconceito contra surdas gera polêmica em Foz do Iguaçu


- Por: Reciel

Denúncia: Preconceito contra surdas gera polêmica em Foz do Iguaçu

Um caso de preconceito contra duas deficientes auditivas registrado em Foz do Iguaçu está ganhando repercussão nacional. O caso foi registrado na última quarta-feira (9) e os acusados foram alguns taxistas do ponto existente no Marco das Três Fronteiras. A denúncia foi feita pela professora Mara Machado, que fez uma postagem no grupo Elogios e Reclamações de Foz do Iguaçu. O fato provocou revolta entre os iguaçuenses e a postagem já contava com quase 2.000 curtidas e centenas de comentários. Mara Machado é professora da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e foi ao Marco das Três Fronteira levar uma amiga que mora na Inglaterra. Ao tentar voltar para casa, elas não conseguiram chamar um motorista de aplicativo e foram até o ponto de táxi. Para minha surpresa, eles reagiram com muito descaso e preconceito conosco por sermos surdas, afirmou a professora. Mara diz ter mostrado dinheiro para pagar a corrida e, mesmo assim, eles nem liam a mensagem apresentada. Eles debochavam das nossas condições, mandavam eu ir ao outro táxi, mas todos agiram da mesma forma, contou Mara Machado em sua postagem. (Adelino de Souza / Foto: Divulgação)  

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas