Cataratas da Argentina comemora a chegada do turista número 1 milhão


- Por: Reciel Rocha

Cataratas da Argentina comemora a chegada do turista número 1 milhão

Ronildo Pimentel

O Parque Nacional del Iguazú, no trecho onde estão as Cataratas do lado argentino da fronteira, recebeu, na manhã dessa sexta-feira (9), o turista de número 1 milhão em 2019. David Almirón chegou aos portões do atrativo com a esposa, Gisela Alegre, e a filha María Pía, por volta das 10h, quando foram recebidos com festa, brindes e presentes. No lado brasileiro, a unidade de conservação espera fechar o ano com dois milhões de visitas.
O grupo familiar liderado por Almirón é da região de Barranqueiras, no província do Chaco. Eles chegaram a Puerto Iguazú de carro. No portão do atrativo, foram recebidos por autoridades locais e empresários que deram brindes e presentes. Os turistas receberam ainda uma carta do presidente Mauricio Macri agradecendo pela visita ao destino.
De acordo com os dados da concessionária, o atrativo recebeu, de janeiro até ontem, 5% a mais turistas que no mesmo período do ano passado. Muitas são as razões para o aumento, e entre elas está o que o parque oferece como estrutura de passeio, além da proximidade e conectividade com a natureza.

 

Experiência
Conhecer o atrativo é uma experiência única em ambos os lados da fronteira. Na Argentina, o visitante começa a aventura em um trem ecológico que atravessa a floresta até as estações turísticas, o circuito inferior e o superior. 
Os passeios levam o turista através de passarelas em meio à natureza, de onde se tem uma visão privilegiada das 275 quedas d'água que formam as Cataratas. O mais surpreendente é que no lado argentino é possível ver a paisagem de ângulos diferentes e ter acesso às quedas, o que não ocorre no lado brasileiro. 
A imersão é característica marcante do lado argentino, tornando o passeio inesquecível para os que buscam mais contato com a natureza. O parque é repleto de trilhas, e todas levam o visitante à experiência de caminhada e contemplação. 
As mais conhecidas e frequentadas são as que percorrem trechos sobre o Rio Iguaçu, levando até a Garganta do Diabo; a do Circuito Superior; e a do Circuito Inferior. O ideal é reservar um dia para conhecer todo o atrativo. No site da Iguazú Argentina (www.iguazuargentina.com) é possível encontrar opções de roteiro para aproveitar mais o passeio.

 

Cuidados
Para visitar as Cataratas da Argentina, é preciso portar carteira de motorista, ou identidade, ou passaporte dentro da validade. Existem inúmeras empresas de receptivo que fazem o transporte, além do transporte público. Se você optar pelo veículo próprio, o seguro Carta Verde é item obrigatório nos países do Mercosul.

 

Lado brasileiro espera fechar ano com 2 milhões de visitas

O lado brasileiro do Parque Nacional do Iguaçu espera fechar o ano com um aumento de 5% na visitação do trecho onde estão as Cataratas. Se confirmar o prognóstico, será a primeira vez na história que o atrativo fechará um ano com mais de dois milhões de ingressos. De janeiro até julho deste ano, 1.133.685 pessoas cruzaram os portões do parque em direção às Cataratas, de acordo com dados da Cataratas S.A. 
A concessionária da área de visitação tem apostado em uma programação diversificada para atrair mais visitantes. Para o Dia dos Pais (domingo, 11), o Restaurante Porto Canoas vai servir um almoço especial. Já o restaurante do Marco das Três Fronteiras, também sob gestão da empresa, irá servir um jantar em homenagem aos pais.

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas