CAPACITA GUIAS tem primeiras visitas técnicas em ITAIPU


- Por: Redação 1

CAPACITA GUIAS tem primeiras visitas técnicas em ITAIPU
1ª turma em visita ao Mirante Central da Margem Esquerda da Itaipu Binacional

A capacitação promovida por ITAIPU por meio de um convênio com o Instituto Polo Internacional Iguassu atende 150 guias de turismo de Foz do Iguaçu com bolsa de R$450,00 mensais
O Capacita Guias, programa de capacitação de Guias de Turismo de Foz do Iguaçu, é uma iniciativa de Itaipu Binacional que visa contribuir com os trabalhadores do turismo mais afetados pela crise da Covid-19. O projeto, gerido pelo Polo Iguassu, conta com o apoio do Sebrae, Instituto Chico Mendes de BioDiversidade, Complexo Turístico de Itaipu, Conselho Municipal de Turismo e demais atrativos da cidade.
Os participantes com 75% de frequência no curso recebem uma bolsa-auxílio de R$ 450 mensais ao longo de todo o curso, que tem duração de três meses. Nos encontros, são abordadas novas formas de apresentar os atrativos turísticos de Foz, os cuidados necessários para a retomada no contexto de pandemia e ainda temas relativos ao desenvolvimento pessoal e profissional dos participantes. 

On-line e Presencial
A maior parte dos encontros tem ocorrido de forma on-line, com duração de duas horas. Dessa forma, toda semana os 150 guias selecionados se encontram não só para ouvir, mas também para debater e compartilhar experiências. 
"Os momentos de debate em que podemos trocar ideias com nossos amigos de profissão são os meus favoritos. Conhecemos um pouco mais sobre os colegas, nos sentimos mais próximos o que ajuda a matar um pouco da saudade. Além do conhecimento que adquirimos sobre os atrativos, e do incentivo ao autoconhecimento, os debates e a interação nos encontros nos mantem participativos e acolhidos" disse Flávia Salarini, participante do curso.
Contudo, nesta semana tiveram início as visitas técnicas. Os guias, organizados em grupos menores, de no máximo 30 pessoas, visitaram o Complexo Turístico de Itaipu como forma de complementar a capacitação virtual recebida previamente, como forma de aprofundar os conhecimentos. Na oportunidade, visitaram a área externa da usina e o Ecomuseu, com explicações minuciosas feitas por monitores do atrativo. 
O guia Sandro Ferreira relatou que as informações repassadas na visita técnica à ITAIPU complementaram os encontros online com informações muito valiosas que poderão ser repassadas aos turistas: "Isso ajuda muito nossa experiência como profissionais. Tudo o que a gente está passando nesse curso é para agregar nosso conhecimento e poder passar isso para nossos turistas. Estou muito feliz. Só tenho a agradecer porque com certeza vai ser uma retomada do turismo com muito mais informação e conhecimento, além de todos os protocolos que estamos aprendendo e já colocando em prática para ter um turismo seguro".
Na semana que vem têm início as visitas ao Parque Nacional do Iguassu, que por sua vez serão conduzidas por monitores do ICMBIO.
A equipe do instituto destaca a ativa participação dos guias de turismo na capacitação e a expectativa que eles apresentam de aproveitar os conhecimentos adquiridos no retorno as atividades. A mediadora do Sebrae, palestrante e coach Rosi Neto, endossa essa percepção:
"Foi energizante participar do programa Capacita Guias, me surpreendi com a efetiva participação e envolvimento durante os encontros virtuais e o que chamou minha atenção foi a vontade de se desenvolver, se aprimorar que o grupo demonstrou. Foi uma honra fazer parte desse processo de desenvolvimento e fico muito feliz com essa iniciativa do Polo Iguassu e parceiros, pois são os Guias que recebem os visitantes apresentam as maravilhas de um lugar e representam o que temos de melhor, por isso merecem atenção, respeito e investimento. Parabéns à equipe envolvida que tornou o Capacita Guias um sucesso!"

Pesquisas de Qualidade
Ao final visitações, serão aplicadas pesquisas de satisfação com os Guias para avaliar a qualidade dos atrativos explorados nas visitas técnicas. A ideia é que não só os guias se beneficiem do programa, mas que possam também contribuir com os atrativos locais.

AI Poloiguassu

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas