Caminhoneiros são imunizados contra gripe em dois postos de combustíveis


- Por: Redação 007

Caminhoneiros são imunizados contra gripe em dois postos de combustíveis

A Secretaria Municipal da Saúde em parceria com a Rede Rodofoz, Raízen e Postos Shell realizou nesta quinta-feira (21), a imunização de caminhoneiros contra a gripe, em dois postos de combustíveis na BR-277.

Nos locais também foram disponibilizadas vacinas contra a febre amarela, antitetânica, tríplice viral e hepatite B, além de teste rápidos de sífilis, HIV e hepatites virais. Os trabalhadores também passaram pela aferição de pressão arterial e receberam informativos.

A ação foi coordenada por equipes de enfermeiras e auxiliares de enfermagem da Secretaria de Saúde. Ao todo, 579 caminhoneiros foram vacinados e 748 doses foram aplicadas; Também foram realizados 145 testes rápidos.  "Essa imunização descentralizada é muito importante para poder atingir a esse público", destacou Elaine Campos, supervisora técnica da estratégia Saúde da Família.

De acordo com a enfermeira Adriana Valadão, a maioria dos caminhoneiros não possui controle do calendário de vacinas. "A maioria não tem mais as carteirinhas, nem sequer lembra se foi imunizado ou não", comentou. Os caminhoneiros residentes na cidade tiveram suas fichas consultadas pelo sistema na internet, já os residentes em outras cidades, receberam a vacinação completa.

 

Em trânsito

Dalzito Lopes, 45 recebeu 3 vacinas. "A gente precisa se cuidar, eu estou me prevenindo usando máscara, lavando as mãos sempre que possível, mas na estrada é complicado", disse.

Geovani Medeiros, 38 de Cascavel, estava indo para o Paraguai quando soube da vacinação. "A gente recebe muita coisa pelos grupos de whatsapp. Para os motoristas tem que ser assim, na estrada. A ideia foi muito boa".

O caminhoneiro Edilson dos Santos, de Santa Terezinha, aproveitou para receber vacinas e informações. "Aqui a gente evita de enfrentar fila, muito mais fácil".

A Secretaria de Saúde vacinou na primeira quinzena de maio, durante a segunda etapa da campanha, 530 caminhoneiros numa parceria com o SEST/SENAT, e outros 500 motoristas de transporte público.

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas