Calouros da UNILA são recebidos com informação, diversão e companheirismo


- Por: Reciel

Calouros da UNILA são recebidos com informação, diversão e companheirismo

Os primeiros momentos dos calouros da UNILA foram preenchidos por muita informação sobre a nova "casa" e rotina dos estudantes, mas também foram marcados por muita emoção e diversão. A emoção ficou a cargo do artista plástico haitiano Dady Simon, que presenteou a UNILA com um quadro, em agradecimento à Universidade que passa a ser sua casa. A entrega do presente foi feita durante a apresentação do Instituto Latino-Americano de Arte, Cultura e História (ILAACH), na recepção de calouros. Simon é calouro de Letras - Artes e Mediação Cultural. O sonho de Simon de ser unileiro, começou em 2015, quando veio a Foz do Iguaçu para tentar uma vaga na Universidade, mas não conseguiu. Ele participava de eventos, no Jardim Universitário, recitava poesias e já compartilhava sua arte na cidade. A minha presença aqui foi a partir de muita luta. E é um grande orgulho poder acompanhar uma universidade que integra muitas nações, afirma. Da Redação com assessoria Foto: Divulgação

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas