Café da manhã sobre águas do Paraná e imersão ao legado de Moisés Bertoni


- Por: Reciel

Café da manhã sobre águas do Paraná e imersão ao legado de Moisés Bertoni

Os moradores de Foz do Iguaçu ganharam um incentivo especial para conhecer um pouco sobre a vida e a obra do cientista suíço Moisés Santiago Bertoni (1857 a 1929), que viveu na região de Presidente Franco, no Paraguai. O Kattamaram II promoveu, no final de semana, um passeio cultural ao Porto Bertoni, com custo inferior a 50% para quem reside na cidade. Empresa projeta agregar e ampliar passeios unindo cultura e belezas naturais. O passeio ao Porto Bertoni, pela manhã, começa com um café colonial servido instantes após a partida do antigo Porto Meira, onde eram realizadas as travessias de balsa entre Brasil e Argentina. Em poucos minutos a embarcação chega a foz do rio Iguaçu, no rio Paraná, de onde pode-se observar o encontro entre os três países de um ângulo diferenciado. Ronildo Pimentel Foto: Nádia Moreira de Souza

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas