Benção das Cinzas dará início ao período da Quaresma


- Por: Reciel Rocha

Benção das Cinzas dará início ao período da Quaresma
As cinzas impostas aos fiéis são obtidas com a queima dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior

Tempo de oração, penitência e conversão, a Quaresma terá início na Quarta-Feira de Cinzas (26), com uma série de celebrações durante todo o dia em Foz do Iguaçu. Na Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, na região da Vila A, os fiéis poderão participar da missa em três horários: às 7h, às 15h e às 20h. 
Na Paróquia São João Batista, no centro, serão realizadas celebrações às 6h30, 12h30, 15h e 19h. Na região do bairro Morumbi, a Paróquia São Francisco de Assis está organizando missas para as 15h e 20h. Já na Capela Nossa Senhora Aparecida, no bairro Campos do Iguaçu, a celebração será às 9h. 

Os horários distintos foram pensados para que todos os cristãos católicos possam participar da Benção das Cinzas, considerada um ato de humildade, arrependimento dos pecados e limpeza para o início dos 40 dias em preparação para a Páscoa. 
As cinzas impostas aos fiéis são obtidas com a queima dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior. A cinza, do ponto de vista bíblico, é um sinal de penitência e conversão, que tem o objetivo de lembrar a origem humana e sua ligação com Deus. 

“No momento da imposição das cinzas, as palavras são ‘converta-te e creia no Evangelho’. O convite que o padre faz é para que a pessoa reconheça sua pequenez diante do criador, se arrependa de suas falhas e volte para o caminho santo”, lembra a igreja. 
A Quaresma e, para os católicos, um tempo de espera e de resguardo. Neste período, os fiéis se dedicam ao jejum, a abstinência de coisas materiais, a prática da caridade e a oração diária para receber Cristo Ressuscitado no domingo de Páscoa, que neste ano será celebrado em 12 de abril. 
O tempo de Quaresma revive também a estadia de Jesus no deserto. Os 40 dias terminam na Quinta-Feira Santa com a celebração do “Lava Pés”, na qual a igreja recorda a última ceia de Cristo com seus apóstolos antes da Sexta-Feira da Paixão. 
Campanha da Fraternidade 
Junto com a Quaresma tem início a Campanha da Fraternidade. Marcada por temas que tratam de solidariedade e questões ambientais e humanas, a mobilização reúne ações em busca de chamar atenção para problemas sociais e, assim, buscar soluções.

Da redação 
Foto: Roger Meireles

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas