Belezas naturais fazem do Paraná polo do turismo de aventura


- Por: Jordan Moreira

Belezas naturais fazem do Paraná  polo do turismo de aventura
Em Capanema o Rio Iguaçu é usado para diversas atividades

A combinação de rios, lagos, montanhas, praias e mata atlântica em abundância faz do Paraná cenário perfeito para o turismo de aventura. Pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo em setembro do ano passado com empresas do setor de agências e organização de viagens do Estado, apontou que o segmento Ecoturismo-Natureza-Turismo de Aventura é o segundo mais procurado por clientes no Paraná (16,2%), perdendo apenas para a combinação sol/praia, desejado por 44,4% das pessoas.
Ramo do turismo que movimenta milhares de pessoas e injeta bilhões na economia. Dados da Embratur mostram que o ecoturismo e o Turismo de natureza crescem de 15% a 25% ao ano. Em todo o mundo, 10% dos turistas buscam esse tipo de atração. No Brasil, segundo a agência, entre os turistas que visitaram o País em 2018 a lazer, 16% procuraram pelo ecoturismo, repetindo o desempenho do Paraná.
O estudo apontou que em 2018, ao todo, foram gerados cerca de 80 mil empregos diretos, R$ 2,2 bilhões em renda, outros R$ 3,1 bilhões em valor agregado ao Produto Interno Bruto (PIB) e mais R$ 8,6 bilhões em vendas. Os resultados mostram que, a cada R$ 1 investido, R$ 7 retornam para a economia.
A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo busca reforçar o segmento no Paraná. A principal iniciativa, em parceria com o Instituto Paranaense de Ciência do Esporte, foi a criação dos Jogos de Aventura e Natureza.
Em sua segunda edição, a competição reúne atletas de diferentes modalidades em diversas regiões, com destaque para a disputa de esportes aventureiros. Como pano de fundo, o cenário das belezas naturais do Estado, como as cachoeiras da região de Guarapuava ou o Rio Iguaçu em Capanema.
"O Paraná nunca trabalhou o turismo de forma organizada e planejada, nunca usou seu potencial para fazer desse setor uma grande matriz econômica", afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior. "Queremos fazer com que o paranaense conheça mais o Estado e também trazer turistas do Brasil para conhecer as nossas belezas, o que gera emprego e renda à população. Fazer com que o Paraná seja um protagonista do turismo brasileiro", acrescenta.


FERRAMENTAS
Diretora técnica da Paraná Turismo, Isabella Tioqueta explicou que o Estado tem todas as ferramentas para ser um polo do turismo de aventura no País. Para isso, ressaltou, há no governo também uma preocupação com a segurança dos visitantes.
"Temos o turismo náutico, de aventura, o ecoturismo e o esporte misturados. É bem possível fomentar e criar espaços que possam atrair mais pessoas, mas sempre sem se descuidar da questão da segurança", disse ela. "O turismo é uma prioridade do Governo do Paraná", completou.

.
AEN

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas