Aumento de casos no PY ‘reforça’ barreiras em Foz


- Por: Redação 1

Aumento de casos no PY ‘reforça’ barreiras em Foz
Brasil e Paraguai devem aumentar a fiscalização, através de barreiras sanitárias próximas à Ponte da Amizade

O aumento de casos no Departamento de Alto Paraná reforça as medidas das autoridades de Foz do Iguaçu que identificam as pessoas positivadas-covid e oriundas do Paraguai. A fiscalização, através de barreiras sanitárias próximas à Ponte da Amizade, é aleatória e exige o teste negativo do coronavírus das pessoas em automóveis com placas estrangeiras
A situação, principalmente em Ciudad del Este - capital do estado - é  considerada crítica, com 100% de ocupação dos leitos de UTI, elevado número de infecções, circulação de casos comunitários e reinfecção. A estimativa aponta que 30% do atendimento no Hospital Municipal Padre Germano Lauck é demanda paraguaia.
O jornalista Javier Panza informou na noite desta quarta-feira, que uma reunião no gabinete do governador Roberto Vaesken decidiu enviar um pedido ao presidente Mário Abdo Benitez e ao ministro da Saúde, Júlio Mazzoneli, que decretem medidas de restrições e o lockdown das 20h às 5h em Ciudad del Este e a suspensão de aulas presenciais por uma semana.

Repasse
O diretor da 10ª Região de Saúde do Paraguai, Hugo Kunzle, descreveu como constrangedoras as cenas de festas e a multidão de jovens reunidos no último final de semana. O médico relatou que nas últimas sete semanas houve um aumento no pico de casos positivos e que a ocupação dos leitos na UTI chega a 100%.

Da redação

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas