Agentes de apoio são excluídos da comissão de reformulação do plano de cargos e carreiras


- Por: Reciel Rocha

Agentes de apoio são excluídos da comissão de reformulação do plano de cargos e carreiras
Diretores do SINPREFI e grupo de agentes de apoio manifestaram descontentamento depois de reunião da Comissão do Plano de Carreira do Magistério 

Diretores sindicais defenderam que representantes dos agentes de apoio que atuam nos CMEI´s de Foz permanecessem na comissão, mas o pedido foi negado durante reunião realizada na última quarta (2).
Por seis votos a dois, a maioria dos membros da Comissão de Revisão e Análise do Plano de Carreira do Magistério de Foz do Iguaçu – referente à rede pública municipal – decidiu pela exclusão de representantes da categoria de agentes de apoio da comissão. Foi durante reunião realizada na última quarta-feira (02), na sala de reuniões das comissões, na Secretaria Municipal da Educação (SMED).
A votação teria sido em resposta a um pedido feito pelo Sindicato dos Professores e Profissionais da Educação da Rede Pública Municipal de Foz do Iguaçu (SINPREFI). Entretanto, o SINPREFI defende que os agentes de apoio já participavam dos trabalhos de reformulação do plano desde a reunião do dia 29 de maio de 2019, a partir de reivindicação feita, na época, pelo sindicato. 
“Eu já participei de pelo menos cinco reuniões da comissão,” afirma o agente de apoio Ivanildo Vieira. “Fiz sugestões, debati a revisão do texto do documento e até votei em mais de uma ocasião,” complementa ele. Em ofício encaminhado à comissão no dia 24 de maio, o SINPREFI indicou o nome de Ivanildo Vieira e de outros dois colegas para integrarem a comissão, conforme solicitação feita em reunião anterior, realizada no dia 8 do mesmo mês.
A principal argumentação dos que votaram pela exclusão é que os agentes de apoio não fazem parte do Grupo Operacional do Magistério (GOM) e, sim, do quadro de técnicos-administrativos da prefeitura de Foz do Iguaçu. Importante ressaltar que as funções do cargo são de atuação exclusiva nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI´s) e, de acordo com o SINPREFI, todo o trabalho realizado por eles nas instituições é pedagógico, pois está superada a ideia de separação entre cuidar e educar na educação infantil.

Da assessoria
Foto: divulgação 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas