Agentes cobravam propina de traficantes para facilitar o envio de drogas ao Brasil


- Por: Reciel

Agentes cobravam propina de traficantes para facilitar o envio de drogas ao Brasil

Um escritório da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) em Salto del Guairá, no Paraguai, foi fechado na tarde de quinta-feira (2), após a polícia descobrir um esquema envolvendo traficantes e cobrança de propina para facilitar o envio de grandes cargas de droga para o Brasil. A ação foi cumprida por agentes especiais da Unidade de Investigação Sensível (SIU) da Senad enviados de Assunção, sob a supervisão dos fiscais Marcelo Pecci, Carlos Alcaraz, Elva Cáceres e Alicia Sapriza. Durante as investigações, que tiveram início a cerca de um ano, foram interceptadas várias conversas telefônicas de suspeitos, que revelaram a grande rede de tráfico. (Da redação / Fotos: ABC Color)

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas