Agência facilita entrevistas e seleção de trabalhadores em Foz


- Por: Redação 1

Agência facilita entrevistas e seleção de trabalhadores em Foz
A seleção dos futuros contratados é realizada no local pela equipe de Recursos Humanos (RH) do restaurante

A Agência do Trabalhador abriu, na manhã desta quinta-feira (14), uma série de entrevistas com candidatos para trabalhar na área da gastronomia e entretenimento de Foz do Iguaçu. Ao todo, foram abertas 27 vagas. A seleção dos futuros contratados é realizada no local pela equipe de Recursos Humanos (RH) do restaurante.
As contratações em Foz do Iguaçu aceleraram nos últimos dias com o avanço da vacinação contra o coronavírus e a retomada das atividades comerciais. De janeiro a agosto, foram criados mais de 1,6 mil empregos com carteira assinada, segundo o Caged, principalmente após a queda dos indicadores da doença (novos casos e óbitos).
A Agência do Trabalhador quer ser parceira da iniciativa privada e facilitar o contato de quem procura emprego com quem quer empregar, diz o diretor Luciano Castilha. "O espaço permite a realização de entrevistas para a seleção dos candidatos, pois está localizado num ponto estratégico na área central de Foz do Iguaçu". 
"O trabalhador já foi até a Agência pegar encaminhamento ou procurar o seguro-desemprego", ressalta. Castilha informa que a empresa abriu as 27 vagas e o processo de entrevista começou. "Aqui fica mais prático, com acesso fácil por transporte coletivo e todo o apoio para a seleção é gratuito", frisou.

Procedimento

De acordo com o diretor, já no primeiro contato com a empresa, que pode ser feito pelo email [email protected], as equipes orientam colocar o maior número de informações possível. "Por exemplo, candidatos por vaga, o mínimo é cinco, mas pode entrevistar mais, a empresa que define, qual o perfil do candidato (masculino, feminino, capacitação técnica para a área)".

A partir destas informações, a Agência faz o encaminhamento das pessoas que procuram emprego e se encaixam no perfil solicitado. A empresa diz de que forma quer receber o currículo - por e-mail, whatsapp, ou outro meio - e marca a entrevista, que pode ser no local ou qualquer outra região.

Acessibilidade

"O que queremos é incentivar as pessoas a utilizarem a Agência", disse. Como exemplo, Castilha listou duas situações distintas. Na primeira, uma empresa que está contratando com as atividades funcionando, o que pode gerar algum desconforto. 

Receber candidatos para entrevistas, pode gerar desconfiança nas pessoas que estão trabalhando, com a possibilidade de desemprego, alerta o diretor. A segunda situação é a localização da Agência, próximo ao Terminal de Transportes, na Rua Xavier da Silva, 834 (Centro).

Outra situação é de empresas que estão vindo de fora e ainda não têm a sede, que pode estar sendo construída ou reformada, ou ainda não adquiriram a sede mesmo. "É para isto que a Agência tem este espaço para fazer as entrevistas, já que acontece muito isto também. E tudo sem custos", ressaltou.

A intenção, de acordo com o diretor, é fazer a intermediação da mão de obra com mais acessibilidade possível, de ambas as partes. "Toda entrevista, seleção, quem faz é a empresa, que decide pela contratação", completou Castilha.

AMN

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas