Acusado de matar a ex-namorada a facadas é condenado a 36 anos de prisão


- Por: Reciel Rocha

Acusado de matar a ex-namorada a facadas é condenado a 36 anos de prisão
Após o júri Renato Gomes foi levado à Penitenciária Estadual II, onde cumprirá a pena 

Renato Saul Gomes, acusado de assassinar a ex-namorada Kerolin Camila da Costa a facadas, foi condenado a 36 anos e dois meses de prisão em regime fechado. O júri ocorreu na terça-feira (14) e durou cerca de dez horas. Durante a sessão foram ouvidos dois policiais que atenderam a ocorrência no dia dos fatos, além de outras três testemunhas. 
O crime ocorreu em julho de 2018 e, segundo a polícia, foi motivado por ciúmes já que Gomes não aceitava o fim do relacionamento com a vítima. Antes de ser morta Kerolin chegou a denunciar o acusado por violência e solicitou uma medida protetiva contra ele. 

Da Redação / Foto: reprodução RPC

 

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas