2ª Marcha da Diversidade e Orgulho LGBTTI+ da Fronteira é nesta sexta


- Por: Reciel Rocha

2ª Marcha da Diversidade e Orgulho  LGBTTI+ da Fronteira é nesta sexta
Marcha contra a fobia ao diferente é um ato político

Com o tema "Amor sem Censura, Não à LGBTfobia", acontecerá nesta sexta-feira, 15, a 2ª Marcha da Diversidade e Orgulho LGBTTI+ da Tríplice Fronteira. O evento, que embora ocorra em Foz do Iguaçu, tem âmbito regional e começará às 13 horas, com concentração na Avenida Brasil. 
Em seguida, os participantes farão uma caminhada pelas avenidas centrais da cidade e se concentrarão novamente, desta vez na Praça da Paz, onde deverão apresentar-se mais de 30 atrações artísticas. A expectativa dos organizadores é que aproximadamente 2,5 mil pessoas participem do evento — número semelhante ao atingido na primeira edição, ano passado. 
Capitaneada pela Associação de Travestis e Transexuais de Foz do Iguaçu — Casa de Malhú, a Marcha da Diversidade e do Orgulho LGBTTI+ da Tríplice Fronteira é organizada por uma comissão e não recebe recursos públicos. Conforme os organizadores, esse grupo articula outros coletivos, que atuam na defesa dos direitos humanos em Foz e região, incluindo nas cidades dos países vizinhos. 
"A Marcha da Diversidade é um ato político para a população LGBT, mostrando a importância para a sociedade de termos políticas públicas voltadas para a inclusão. É o momento em que vamos às ruas dizer à sociedade que nós também temos os mesmos direitos, conforme a Constituição", contextualiza Bruna Ravena Braga, coordenadora da Casa de Malhú.  

Da redação com assessoria
Foto: Divulgação

Leia mais na edição impressa.

Relacionadas